Santos não cumpre promessa e atletas seguem com salários atrasados

Na última terça-feira, dia 24, o mandatário revelou um acordo com os jogadores para sanar a dívida referente aos direitos de imagem

Comentar
Compartilhar
01 ABR 201516h18

A diretoria do Santos está encontrando mais dificuldade do que imaginava para colocar o clube em dia. A questão sobre a folha salarial do elenco foi tratada como prioridade por Modesto Roma Jr e sua equipe de trabalho, mas o presidente não tem conseguido cumprir com as promessas.

Na última terça-feira, dia 24, o mandatário revelou um acordo com os jogadores para sanar a dívida referente aos direitos de imagem.

"Já acertamos com eles que pagaremos a partir de agora o mês em dia e metade dos atrasados. Esse primeiro pagamento será feito até sexta-feira (27). Isso já foi acertado em uma conversa que tivemos lá em Londrina, ainda. Conversei com os líderes do grupo e passamos isso a eles", disse Modesto, à época.

Porém, nesta terça-feira, após a reapresentação do grupo no CT Rei Pelé, David Braz admitiu que os salários atrasados não começaram a cair na conta bancária.

No último dia 24, Modesto havia anunciado um acordo com os atletas, que segue não cumprido pela diretoria (Foto: Divulgação/Santos FC)

"Não, para mim não. Precisamos emitir a nota e ainda não foi pedido. Mas desconfio que vão acertar. Estamos confiantes com essa diretoria, de que vão acertar, estamos dando a paciência para acertarem isso", comentou o zagueiro, que é um dos líderes do time ao lado de Robinho, Elano, Ricardo Oliveira e Renato.

"Eles falaram que só iam acertar um (salário) esse mês, vamos esperar. Estou na torcida. Infelizmente é um problema que ocorre desde o começo do ano, mas temos paciência", completou David.

O Santos parou de pagar os direitos de imagem em outubro do ano passado. A maioria dos jogadores está há cinco meses sem receber o acordado em contrato, porém, em alguns casos específicos, a dívida é ainda maior. Robinho, por exemplo, nunca recebeu o que foi acordado em contrato quando retornou ao Peixe pela segunda vez, em agosto do ano passado.

Atualmente, a situação mais confortável é dos jogadores que foram contratados recentemente e chegaram ao clube apenas no início desta temporada. Esta não é a primeira vez que Modesto Roma Jr se compromete a pagar atrasados e não consegue cumprir até a data combinada. Em fevereiro, o presidente eleito para suceder Odílio Rodrigues garantiu que regularizaria os direitos de imagem em três meses de mandato, mas não obteve sucesso.

Além disso, apesar de já ter pago tudo referente a CLT, FGTS e férias, compromissos abandonados por Odílio à partir de outubro de 2014, a atual diretoria também executou os depósitos após o dia prometido em reunião com o elenco. O fato, inclusive, foi citado por Arouca como a gota d’água para o volante tomar a decisão de deixar o time e acionar a agremiação na Justiça.