X
Esportes

Santos muda status e entra no Paulista como azarão

Sem grana em caixa, o clube perdeu jogadores importantes, não fez grandes investimentos e assumiu o rótulo de quarta força que caiu muito bem ao rival Corinthians no ano passado

"Estamos atrasados em relação aos outros clubes", admitiu José Carlos Peres, que sucedeu Modesto Roma Júnior na presidência do Peixe / Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Divulgação Santos FC

Campeão de quatro dos sete Estaduais disputados nesta década, o Santos se acostumou a ser protagonista no Paulista, mas desta vez iniciará o campeonato como azarão. Sem grana em caixa, o clube perdeu jogadores importantes, não fez grandes investimentos e assumiu o rótulo de quarta força que caiu muito bem ao rival Corinthians no ano passado.

"Estamos atrasados em relação aos outros clubes", admitiu José Carlos Peres, que sucedeu Modesto Roma Júnior na presidência do Peixe. "Mas o elenco não é ruim, é bom. E o Jair Ventura é uma grata surpresa.

Os jogadores estão encantados, a diretoria também se impressionou. É um treinador jovem, porém experiente, e quer disputar todas as competições. Tem o perfil do Santos."

O filho de Jairzinho ganhou projeção nacional por fazer de um Botafogo sem estrelas uma equipe competitiva. No Peixe, ele até encontrará jogadores badalados: o goleiro Vanderlei e o atacante Bruno Henrique, que fizeram ótimo Brasileirão em 2017 -o camisa 1 entrou até na seleção da CBF. Por outro lado, o Alvinegro Praiano perdeu o lateral esquerdo Zeca, o meia Lucas Lima e o centroavante Ricardo Oliveira.

Entre os reforços, por enquanto, não há nenhum craque. Romário, que disputou a Série B, será o substituto de Zeca, e o atacante Eduardo Sasha foi emprestado pelo Inter até o final do ano.

"Sabemos que as perdas do Lucas e do nosso artilheiro [Ricardo Oliveira] são significativas. Falam de elenco, finanças... Alguns estão em melhor situação que outros. Mas o Santos tem uma camisa superpesada. Todos sabem da história e do quanto revela craques. O Santos é o Santos", destacou Jair.

Como sempre, há a esperança de que novos Meninos na Vila desabrochem. O candidato neste ano é o atacante Rodrygo, de 17 anos. Foi com essa idade, aliás, que Neymar estreou, no Paulista de 2009, levou um desacreditado Peixe à final e semeou o terreno para fazer história com a camisa alvinegra.

FICHA TÉCNICA

Santos Futebol Clube
Apelido: Peixe
Fundação: 14/4/1912
Presidente: José Carlos Peres
Estádio: Urbano Caldeira (Vila Belmiro), com capacidade para 16.798 pessoas

Principais títulos: 2 Mundiais (1962 e 1963), 3 Libertadores (1962, 1963 e 2011), 2 Recopas SulAmericanas (1968 e 2012), 1 Copa Conmebol (1998), 8 Brasileiros (1961 [Taça Brasil], 1962 [Taça Brasil], 1963 [Taça Brasil], 1964 [Taça Brasil], 1965 [Taça Brasil], 1968 [Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata], 2002 e 2004) e 5 Torneios Rio-São Paulo (1959, 1963, 1964, 1966 e 1997)
Títulos do Paulista: 22 (1935, 1955, 1956, 1958, 1960, 1961, 1962, 1964, 1965, 1967, 1968, 1969, 1973, 1978, 1984, 2006, 2007, 2010, 2011, 2012, 2015 e 2016)

Colocação no Paulista-17: 5º

Time-base (4-3-3): Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz, Romário; Alison, Renato, Vecchio; Bruno Henrique, Sasha, Rodrigão
Técnico: Jair Ventura

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Caso de mulher detida após xingar Bolsonaro será investigado em inquérito, decide Justiça

A decisão acata pedido do Ministério Público Federal (MPF), que apura suposta abordagem indevida e abusiva dos policiais rodoviários federais e policiais federais

Eleições 2022

Após Moro dizer que Lula 'arregou', PT afirma que não dará holofotes a ex-juiz

Em postagem no Twitter, Moro disse que Lula "arregou" ao pedir para o partido desistir por ter "medo das verdades incômodas que iriam surgir"

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software