Santos encara 'novela' para acertar regularização de Vladimir Hernández

O Peixe já enviou todos os documentos necessários para o Junior Barranquila, que, por sua vez, ainda aguarda papelada da Federação Colombiana para a liberação

Comentar
Compartilhar
14 FEV 2017Por Diário do Litoral16h21
Vladimir Hernández é o único dos seis reforços ainda sem condições de jogoFoto: Divulgação

Primeiro jogador a ter sua contratação acertada pelo Santos para 2017, o atacante Vladimir Hernández é o único dos seis reforços ainda sem condições de jogo. O Departamento Jurídico do clube encontra dificuldades para acertar a regularização do atleta, de 27 anos. O Junior Barranquilla (COL), ex-equipe de Hernández, ainda não enviou os documentos necessários.

A diretoria do Peixe mostra-se incomodada com a situação. Conforme apurado pelo Diário do Litoral, o clube alvinegro enviou todos os documentos para o time colombiano, que, por sua vez, ainda aguarda papelada da Federação Colombiana para a liberação. O Santos, porém, trata o episódio como burocrático e mostra confiança para acerto nos próximos dias.

Para contar com o atleta, o Santos desembolsou cerca de R$ 3,2 milhões por 80% dos seus direitos econômicos. O contrato, já assinado pelo atacante e clube, é válido por cinco temporadas. O colombiano chega para ser mais uma opção no ataque e também pode atuar como meia de criação. Ele, inclusive, vem treinando nesta posição nos últimos dias.

Na última temporada, o Pequeno Gigante, como é conhecido no futebol do seu país, foi destaque durante o Campeonato Colombiano e a Copa Sul-Americana. Ao todo, foram 15 gols marcados em 42 partidas. As boas atuações renderam convocação para a seleção colombiana, em amistoso contra o Brasil, no dia 25 de janeiro, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Apesar de ainda não ter sido liberado, Hernández já deu mostras do seu futebol para o torcedor santista. No amistoso contra o Kenitra, do Marrocos, no Pacaembu, ele entrou na segunda etapa, marcou gol de bicicleta e foi peça importante na vitória, por 5 a 1.