Santos e Cruzeiro buscam a primeira vitória no Campeonato Brasileiro

O Santos vai a campo com o que tem de melhor. Com isso, o time campeão paulista deve mais uma vez buscar os três pontos com todo seu gás

Comentar
Compartilhar
17 MAI 201512h43

Santos e Cruzeiro prometem fazer um bom duelo neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro. Conhecidos pela ofensividade, os dois times chegam nesta segunda rodada do Campeonato Brasileiro confiantes. A Raposa, apesar de ter perdido para o Corinthians na estreia, superou o São Paulo no meio de semana e garantiu vaga nas quartas de final da Libertadores da América. Já o Peixe venceu o Maringá e avançou na Copa do Brasil.

Por causa da classificação, a tendência é que uma escalação alternativa seja a opção do técnico celeste Marcelo Oliveira. "É o Cruzeiro. Não tem essa de titular, reserva. Tem grandes jogadores", adiantou Marcelo Fernandes, técnico santista.

O Santos, pelo contrário, vai com o que tem de melhor. Chiquinho e Renato, preservados contra o Maringá, na partida que colocou o alvinegro praiano na terceira fase da Copa do Brasil, devem retornar. Com isso, o time campeão paulista deve mais uma vez buscar os três pontos com todo seu gás.

"Brasileiro é jogo a jogo. Às vezes, fora de casa o importante é não perder. Lá na frente pode fazer diferença. Nos criticaram pelo ponto contra o Avaí, mas pode fazer diferença. Em casa, tem que procurar vencer para somar os pontos e ir em busca dos objetivos", comentou o zagueiro Werley, lembrando o empate santista, fora de casa, na primeira rodada.

Capitão e ídolo, Robinho está confirmado para a partida contra o Cruzeiro, na Vila Belmiro, domingo (Foto: Ricardo Saibun/SFC)

O Cruzeiro ainda vive um clima de euforia com a classificação às quartas de final da Libertadores. Mas a equipe terá que esquecer, pelo menos por enquanto, a competição internacional, já que o duelo contra o Santos é importante na missão de se manter entre os primeiros da disputa mais importante do país. E os cruzeirenses sabem disso.

O técnico Marcelo Oliveira já deu várias declarações que não gosta de priorizar nenhum torneio, o que serve de indicio de que os celestes terão um time forte na Vila Belmiro. O treinador cruzeirense deverá esperar até a última hora para soltar a escalação, deixando de fora apenas os atletas que estiveram realmente desgastados.

O volante Henrique, que já teve passagem pelo Santos, sabe que será preciso um time bastante empenhado em campo para derrotar o Peixe. O jogador, porém, frisa que o grupo celeste tem ânimo e entusiasmo de sobra para mostrar na Vila Belmiro. Henrique entende que a vaga na Libertadores serve dá confiança ao time para a disputa do Brasileiro.

“Claro que a vitória te enche de ânimo, entusiasmos, mas mesmo quando temos uma derrota, temos que estar sempre confiantes, autoestima elevada, porque futebol não dá tempo de lamentar, porque são jogos próximos uns dos outros. Jogos que enchem de confiança e entusiasmo. O jogador, às vezes, está um pouco abaixo e ele vê que é possível acreditar nele próprio. É bom para o grupo e para o atleta. A gente só tem a crescer”, declarou.