Santos autoriza e membros de organizada cobram elenco no CT Rei Pelé

Esta é a segunda vez que torcedores comparecem ao local. Eles conversaram com membros da Comissão Técnica e pediram mudanças antes de estreia na Libertadores

Comentar
Compartilhar
06 MAR 2017Por Diário do Litoral17h36
No último dia 23, outra organizada invadiu o local e também pediu mudançasNo último dia 23, outra organizada invadiu o local e também pediu mudançasFoto: Alyson Gonçalo

Incomodados com a derrota para o arquirrival Corinthians e preocupados com a estreia do Santos na Libertadores, na próxima quinta-feira, membros de uma torcida organizada do clube compareceram ao CT Rei Pelé, nesta segunda. A entrada foi autorizada pelos dirigentes do clube.

Durante 30 minutos, cerca de 20 torcedores conversaram com membros da Comissão Técnica e pediram uma mudança de postura da equipe, que venceu apenas uma vez nos últimos cinco jogos e ocupa a terceira posição no Grupo D do Paulistão. Os jogadores não participaram da reunião.

Esta é a segunda vez que os torcedores do Peixe manifestam protesto nas instalações do CT Rei Pelé. No último dia 23, outra organizada invadiu o local e também pediu mudanças. Preocupado com a revolta da torcida, o clube solicitou a segurança da Polícia Militar.

Vale lembrar ainda que nas derrotas para São Paulo e Ferroviária alguns torcedores realizaram protestos na porta do vestiário da Vila Belmiro e tiveram de ser contidos por Serginho Chulapa, membro da Comissão Técnica, e o ex-lateral-esquerdo Léo.

Campeão Paulista e vice Brasileiro em 2016, o Peixe vive um mau momento neste início de temporada e tem sido muito criticado pelo torcedor. Em sete partidas, foram três vitórias, três derrotas e um empate. O aproveitamento é de 47%.