Santos aguarda fim do Paulistão para buscar novos reforços para 2017

Após fechar com o atacante Bruno Henrique, o Peixe deu uma pausa na busca por novos reforços. A ideia é aguardar o fim do Estadual para buscar revelações

Comentar
Compartilhar
26 JAN 2017Por Diário do Litoral17h20
No ano passado, por exemplo, o clube acertou a contratação do volante Yuri, que foi um dos grandes destaques no vice-campeonato do Audax-SPNo ano passado, por exemplo, o clube acertou a contratação do volante Yuri, que foi um dos grandes destaques no vice-campeonato do Audax-SPFoto: Ivan Storti/SFC

Após fechar a contratação do atacante Bruno Henrique, que estava atuando pelo Wolfsburg, da Alemanha, a diretoria do Santos deu uma pausa na busca por novas contratações para a temporada 2017. O clube ainda se mantém atento ao mercado do futebol, mas deve aguardar o fim do Campeonato Paulista para tentar acertar com novos reforços para o restante do ano.

A ideia do Peixe é espalhar olheiros por diversas cidades do interior de São Paulo e buscar jovens revelações da competição. No ano passado, por exemplo, o clube acertou a contratação do volante Yuri, que foi um dos grandes destaques no vice-campeonato do Audax-SP.  Hoje, o jogador tem moral com o técnico Dorival Júnior e deve ser titular neste início de temporada.

Segundo apuração do Jornal Diário do Litoral, a prioridade de busca é por um meia armador. Nas últimas semanas, o Santos sondou diversos atletas para o setor de criação, como o jovem Marcos Guilherme, do Atlético-PR, Emiliano Guerra, hoje no Palmeiras, e Lincoln, do Grêmio. O clube, porém, não conseguiu chegar a um acordo pelos atletas e desistiu de abrir os cofres.

No momento, o Peixe conta com cinco opções para o setor de criação. Preocupado com a maratona de jogos na temporada, porém, o técnico Dorival Júnior quer contar com outras possibilidades.  O titular absoluto da posição é o meia Lucas Lima. As outras opções são Jean Mota, Rafael Longuine, Vechhio e o jovem Matheus Oliveira, recém-promovido da base.

Zagueiro na mira

Outro alvo no torneio estadual é um jovem zagueiro. Por mais que Dorival Júnior diga que não precisa de um atleta para o setor defensivo, a diretoria mostra preocupação com as opções. Atualmente, o treinador conta com Cleber, David Braz, Lucas Veríssimo e Fabián Noguera. Destes, apenas os dois primeiros citados tem prestígio com a Comissão Técnica.

Outras opções, Luiz Felipe e Gustavo Henrique, que foram titulares no ano passado, ainda se recuperam de lesões ligamentares. Gustavo tem situação mais avançada. Em entrevista recente ao Diário do Litoral, ele disse que pretende voltar a treinar no gramado em março. A sua volta oficial aos gramados, porém, deve acontecer entre abril e maio.

Já Luiz Felipe deve demorar ainda mais para retornar. Ele rompeu o ligamento cruzado do joelho direito no clássico contra o Palmeiras, no fim de outubro do ano passado, e ainda sequer voltou a correr na esteira. Segundo o Departamento Médico do clube, a tendência é que ele volte oficialmente aos gramados apenas no segundo semestre de 2017.