X
Esportes

Santista, palmeirense e são-paulino estão em lista de talentos de jornal inglês

Um deles você é o atacante Rodrygo, do Santos, vendido ao Real Madrid, que aceitou pagar € 45 milhões (R$ 193 milhões pelo câmbio atual)

Rodrygo é um dos três brasileiros na lista do jornal / Divulgação/Santos FC

Desde 2014, o jornal inglês The Guardian divulga anualmente uma lista batizada de "Nova Geração: os melhores jovens talentos do futebol mundial". Na relação publicada no mês passado, aparecem três brasileiros entre os 60 jogadores selecionados pelo diário.

Um deles você, caso acompanhe minimamente futebol, conhece: Rodrygo, atacante do Santos. Aos 17 anos, o jogador já pertence ao Real Madrid, que aceitou pagar € 45 milhões (R$ 193 milhões pelo câmbio atual), dos quais € 40 milhões ficarão com o Santos.

Rodrygo se apresentará ao gigante madrilenho na metade do ano que vem, depois que tiver completado 18 anos, e estará à disposição do Real para a temporada 2019/2020. Seu contrato vai até 2025.
Em março último, ele tornou-se, aos 17 anos e dois meses, o mais jovem jogador a fazer um gol na Libertadores, na vitória por 3 a 1 sobre o Nacional do Uruguai, no estádio do Pacaembu.

Sobre Rodrygo, nascido em Osasco (SP), o Guardian publica: "A linha de produção do Santos parece nunca parar. A estrela mais recente é Rodrygo, enorme talento que segue os passos de Pelé e Neymar. Desde 2011, quando chegou ao Santos depois de um período no futsal, ele vem sendo um atleta promissor devido a sua técnica e forte personalidade".

O Palmeiras é outro paulista que tem um representante nesse rol de cinco dúzias de promessas.
Luan Cândido, natural de Ubá (MG) e que também está com 17 anos, é definido pelo Guardian como "o mais promissor lateral esquerdo do Brasil desde Marcelo".

"Desde que Júnior se sobressaiu em 1982, passando pela era Roberto Carlos, a posição tem sido sinônimo de jogadores que combinam técnica, força e velocidade, qualidades que Luan Cândido possui em abundância. Ele é tão talentoso que frequentemente é usado como meio-campista ou atacante, mostrando sua versatilidade e instintos ofensivos", afirma o texto do periódico londrino.

Marcelo, do Real Madrid, foi titular da seleção brasileira nas Copas do Mundo de 2014 e 2018; Júnior, hoje comentarista, defendeu o Brasil de Telê Santana no Mundial da Espanha, 36 anos atrás; Roberto Carlos, ídolo no Palmeiras e no Real Madrid, vestiu a camisa 6 da seleção nas Copas de 1998, 2002, na qual foi campeão, e 2006.

Tanto Rodrygo como Luan Cândido, que atua pelo time B palmeirense, são integrantes da seleção sub-20 do Brasil.

O terceiro adolescente na lista do Guardian é Ed Carlos, meia-volante do São Paulo, considerado pelo jornalista Thiago Rabelo (que assina as análises dos brasileiros na publicação do Guardian) "um futebolista extraordinariamente inteligente".

Acrescenta-se sobre o atleta de 17 anos da base são-paulina, nascido na capital paulista: "Um meio-campista clássico capaz de dominar completamente os jogos e buscar, frequentemente conseguindo, o passe perfeito. É comparado constantemente a Paulo Henrique Ganso".

Se essas promessas vão vingar, o tempo dirá. Rodrygo já parece transpirar maturidade, porém precisará mostrar ao longo de vários e vários meses o que poucos conseguem: constância.

Sem essa característica, o brilho do jovem torna-se fugaz e em questão de instantes se dissipa, ficando na lembrança tão somente como um sussurro de resplandecência.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Condesb aprova selo de circulação de veículos de turismo na Região

Medida é exclusiva para agências de viagens e deve estimular a economia na Baixada Santista

SEGURANÇA

Projeto para instalação de câmeras OCR nas divisas com Itanhaém é protocolado no DER

As câmeras com tecnologia OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres) permitem a leitura de placas, ajudando a detectar veículos envolvidos em roubos, furtos e sequestros, inibindo a criminalidade e potencializando a fiscalização

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software