Rosberg admite surpresa com vitória: “A maior sorte da minha vida"

Hamilton largou na frente e dominou toda a prova. Ele iria para uma vitória até Max Verstappen bater ao tentar ultrapassar Romain Grosjean e causar a entrada do safety car

Comentar
Compartilhar
24 MAI 201513h49

Nico Rosberg não escondeu a surpresa nem a alegria com sua terceira vitória consecutiva do Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. O alemão venceu a prova em Monte Carlo depois de a equipe Mercedes errar na estratégia do então líder da prova Lewis Hamilton a 14 voltas do fim.

Hamilton largou na frente e dominou toda a prova em Mônaco. Ele iria para uma vitória fácil até Max Verstappen bater forte ao tentar ultrapassar Romain Grosjean e causar a entrada do safety car. A Mercedes chamou o britânico para os boxes apostando que ele trocaria os pneus e voltaria à pista ainda à frente de Rosberg, mas errou. Ele retornou na terceira colocação atrás também de Sebastian Vettel.

Com três vitórias consecutivas em Mônaco, o alemão se iguala a Ayrton Senna, Graham Hill e Alain Prost, outros pilotos a atingirem o feito na carreira.

“Foi a coisa mais sortuda da minha carreira. Estou muito, muito feliz obviamente. Lewis guiou brilhantemente e teria merecido a vitória, mas é assim que as coisas são em corridas”, afirmou Rosberg. “Sei que tive sorte, vou apenas aproveitar o momento. Lewis estava um pouco mais forte este fim de semana, então sei que preciso trabalhar duro”.

Nico Rosberg admitiu surpresa com a vitória (Foto: Divulgação)

Esta foi a segunda vitória consecutiva de Rosberg no Mundial de Fórmula 1, já que ele também subiu ao lugar mais alto do pódio do GP da Espanha, em Barcelona, duas semanas antes. Com isso, reduziu para dez pontos a desvantagem para Hamilton na briga pelo campeonato.

O britânico ainda lidera o Mundial, agora com 126 pontos, apenas dez de vantagem para Rosberg. A próxima etapa do calendário é o GP do Canadá, em Montreal, em 7 de junho.