Ronco dos motores desagrada organizadores do GP da Austrália

O diretor-executivo da corporação que cuida da prova, Andrew Westacott, declarou que nunca havia ouvido um barulho tão maçante e cobrou mudanças

Comentar
Compartilhar
17 MAR 201422h24

O primeiro Grade Prêmio da temporada 2014 da Fórmula 1, realizado em Melbourne, trouxe uma surpresa desagradável aos fãs da principal modalidade do automobilismo no mundo. O ronco dos motores V6 turbo – que substituíram os V8 de 2013 – não foi aprovado pelos fãs e organizadores do GP da Austrália.

O diretor-executivo da corporação que cuida da prova, Andrew Westacott, declarou que nunca havia ouvido um barulho tão maçante e cobrou mudanças.

“O ronco dos motores nunca foi tão maçante. Isto é uma coisa que eles terão de acertar para as próximas etapas. Nós pagamos por um produto, atraímos milhares para o autódromo e agora estamos preocupados. Isto pode estar violando o contrato”, declarou.

Além do ruído que desagradou os fãs, o motor V6 turbo proporcionou outra grande discussão na pré-temporada, já que deixou os carros mais lentos que antes.

O ronco dos motores V6 turbo substituíram os V8 de 2013 (Foto: Associated Press)