Rodriguinho brilha novamente e Corinthians atropela o Paraná por 4 a 0

Com esse resultado, o Corinthians soma duas vitórias em dois jogos no Campeonato Brasileiro.

Comentar
Compartilhar
22 ABR 2018Por Folhapress13h27

O Corinthians passou o Paulistão inteiro buscando um camisa 9 para substituir Jô, vendido no fim do ano passado. Sem opções, Fábio Carille decidiu adiantar Rodriguinho para o ataque. Neste domingo (22), o meia mostrou mais uma vez que o sistema ofensivo tem funcionado muito bem desta forma.

Atuando em Curitiba, o time alvinegro goleou o Paraná Clube por 4 a 0, gols de Rodriguinho, Sidcley, Clayson e Gabriel.

Com esse resultado, o Corinthians soma duas vitórias em dois jogos no Campeonato Brasileiro.

Na quarta-feira, o time paulista terá compromisso contra o Vitória, pela Copa do Brasil.

Como "falso 9", Rodriguinho fez gols contra o São Paulo e Palmeiras, nas semis e finais do Estadual, respectivamente. Decisivo no título do Paulistão e na vitória contra o Fluminense, na abertura do Brasileirão, o camisa 26 anotou mais um gol, desta vez contra o Paraná.

O Corinthians tem se especializado em fazer a leitura do jogo. Quando é ameaçado, o time de Fábio Carille se fecha. Nas chances de gol, o time se mostra eficiente.

O time paulista aguentou pressão inicial do Paraná nos 15 min iniciais de jogo. Cássio fez grande defesa em chute cruzado de Raphael Alemão.

Até então, o Corinthians não ameaçava o rival. Mas bastaram dois ataques agudos em apenas 2 minutos -24 e 26 minutos da etapa inicial- para o Corinthians abrir 2 a 0.

No segundo tempo, a cena se repetiu. Sem precisar ter muito volume na área adversária, o Corinthians deixou mais dois gols, feitos por Clayson e Gabriel.

PARANÁ
Richard (Luiz Carlos); Alemão, Jesiel, Rayan e Mansur; Jhonny Lucas, Wesley (Matheus Pereira), Caio Henrique; Raphael Alemão (Vitor Feijão), Silvinho e Carlos.
T.: Rogério Micale

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Renê Júnior, Gabriel, Matheus Vital (Pedrinho), Rodriguinho e Jadson (Clayson); Romero (Marquinhos Gabriel)
T.: Fábio Carille

Árbitro: Péricles Bassols (PE)
Auxiliares: Clóvis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite
Cartões amarelos: Jhonny Lucas (PAR), Romero (COR)
Gols: Rodriguinho (COR), aos 24 minutos do primeiro tempo; Sidcley (COR), aos 26 minutos do primeiro tempo; Clayson (COR), aos 43 minutos do segundo tempo; e Gabriel (COR), aos 40 minutos do segundo tempo.