Rodrigão volta a treinar no gramado, mas não deve encarar o Sport

Recém-chegado ao clube, o centroavante quase estreou no duelo contra o Botafogo, mas teve lesão no tornozelo e virou desfalque nos últimos jogos

Comentar
Compartilhar
14 JUN 2016Por Diário do Litoral19h11
O jogador foi apresentado no último dia 2O jogador foi apresentado no último dia 2Foto: Matheus Tagé/DL

Recuperado de um entorse no tornozelo direito, o centroavante Rodrigão voltou a treinar no gramado do CT Rei Pelé, nesta terça-feira. O jogador, no entanto, não deve ser opção do técnico Dorival Júnior contra o Sport, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Brasileirão.

Ele apenas correu em torno do gramado e não participou de atividade com bola ao lado dos companheiros de equipe. A ideia é que o mesmo recupere a melhor forma física nos próximos dias e, então, seja liberado para atuar.

A primeira partida pelo Peixe pode acontecer no confronto diante do Atlético-PR, no próximo dia 18 (sábado). O jogo será realizado na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a lesão, Rodrigão foi desfalque nos últimos jogos do Santos, frente ao Botafogo e Santa Cruz. Ele tinha a esperança de atuar contra os cariocas e poderia até mesmo iniciar como titular alvinegro, mas sofreu lesão em treino realizado na véspera da partida e acabou virando desfalque.

Quem também está próximo do retorno aos gramados é Ricardo Oliveira. Conforme divulgado pelo Diário do Litoral na última segunda-feira, o atleta de 36 anos está em fase final de tratamento de uma tendinite e deve voltar a treinar até o fim da semana.