Rodada tem goleadas, vitória do Real Madrid e show de Ibrahimovic

Nos oito jogos disputados, foram três sonoras goleadas, sendo que em uma delas o show foi do atacante sueco, com seus quatro gols

Comentar
Compartilhar
23 OUT 201320h12

A rodada desta quarta-feira da Liga dos Campeões da Europa, a terceira da fase de grupos, teve emoção e gols por todos os cantos do continente. Nos oito jogos disputados, foram três sonoras goleadas, sendo que em uma delas o show foi de Ibrahimovic, com seus quatro gols. Com direito a um de letra e outro em um chute fortíssimo de fora da área, o atacante sueco liderou a tranquila vitória do Paris Saint-Germain sobre o Anderlecht por 5 a 0, mesmo jogando na Bélgica.

As outras goleadas do dia foram das equipes alemãs. Em casa, Bayern de Munique e Bayer Leverkusen não tomaram conhecimento de seus adversários. O primeiro, atual campeão, fez 5 a 0 no Viktoria Plsen, da República Checa. O segundo aplicou um 4 a 0 no Shakhtar Donetsk, time ucraniano recheado de jogadores brasileiros.

Já no confronto de maior equilíbrio, entre dois dos maiores vencedores da Liga dos Campeões, o Real Madrid derrotou a Juventus por 2 a 1, na Espanha. O grande destaque foi mais uma vez o atacante português Cristiano Ronaldo, autor dos dois gols do time merengue.

Show de Ibra

Ibrahimovic deu show nesta quarta. Mesmo jogando em Bruxelas, na Bélgica, comandou a goleada do Paris Saint-Germain sobre o Anderlecht por 5 a 0, pela terceira rodada do Grupo C. O atacante sueco marcou quatro gols, sendo que dois deles foram golaços - o uruguaio Cavani completou o placar para o time francês.

Estrela do futebol mundial, Ibrahimovic tem hoje 32 anos. Ele já defendeu Juventus, Internazionale, Barcelona e Milan. No Paris Saint-Germain, chegou no ano passado, passando a ser o grande destaque do time, como mostrou novamente nesta quarta. O sueco se tornou o 10.º jogador na história a fazer quatro gols em um único jogo da Liga dos Campeões - o recorde é do argentino Messi, que fez cinco na goleada do Barcelona sobre o Bayer de Leverkusen na temporada 2011/2012.

Os dois primeiros gols de Ibrahimovic nesta quarta foram praticamente iguais. O lateral-direito holandês Van der Wiel cruzou da direita e ele só escorou para as redes. Mas, no segundo, o sueco fez algo especial, ao dar um toque de letra para marcar. Ainda no primeiro tempo, saiu o terceiro. E foi o mais bonito de todos: o artilheiro da noite pegou a sobra na entrada da área e acertou um forte chute, de primeira, mandando a bola no ângulo do goleiro.

O jogador do PSG, Zlatan Ibrahimovic comemora gol contra o RSC Anderlecht (Foto: Yves Logghe/Associated Press)

Assim, com apenas 36 minutos de jogo, o Paris Saint-Germain já vencia por 3 a 0. Depois, no segundo tempo, Cavani ainda fez o quarto aos sete e Ibrahimovic fechou a goleada aos 17. Agora, o time francês, que teve os brasileiros Alex, Thiago Motta, Maxwell e Marquinhos como titulares - Lucas só entrou no segundo tempo -, lidera o Grupo C com aproveitamento 100% e nove pontos somados, deixando o Anderlecht na lanterna da chave, ainda sem um ponto sequer em três rodadas.

A segunda colocação do Grupo C é dividida por Benfica e Olympiacos, que também jogaram nesta quarta, em Lisboa, e empataram por 1 a 1, o que deixou ambos com os mesmos quatro pontos. Mesmo fora de casa, o time grego saiu na frente com o gol de Alejandro Dominguez aos 29 minutos de partida. Mas a equipe portuguesa conseguiu empatar já aos 38 da segunda etapa, com Oscar Cardozo.

Vitória do Real

Em uma chave em que poderia ter alguma trabalho para conseguir a classificação às oitavas de final, o Real Madrid está nadando em águas tranquilas no Grupo B. Nesta quarta, o time espanhol recebeu a Juventus, de Turim, e contou com dois gols do artilheiro Cristiano Ronaldo para vencer por 2 a 1, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri, e disparar na liderança.

Com 100% de aproveitamento, o Real Madrid chegou a nove pontos e abriu cinco de vantagem para o Galatasaray, da Turquia, que nesta quarta recebeu o Copenhague, da Dinamarca, e não teve dificuldades para vencer por 3 a 1 - gols do volante brasileiro Felipe Melo, do meia holandês Sneijder e do centroavante marfinense Drogba; o brasileiro Claudemir diminuiu no final. A Juventus, com dois pontos, ainda não venceu e só está na frente do clube dinamarquês, que tem um.

Na quarta rodada da fase de grupos, que será disputada no próximo dia 5, o Real Madrid já tem chances de assegurar a classificação antecipada às oitavas de final. Para isso, basta vencer a Juventus, na Itália. Na Dinamarca, o Galatasaray tentará ficar mais perto da vaga com um triunfo sobre o Copenhague.

O jogo no estádio Santiago Bernabéu teve dois tempos distintos. No primeiro, os times mostraram um belo futebol e os três gols da partida foram marcados. No segundo, especialmente após a expulsão do zagueiro italiano Chiellini, o duelo ficou amarrado, com muita marcação, e a efetividade no ataque caiu drasticamente

Mais uma vez, o nome do jogo foi Cristiano Ronaldo. Logo aos 3 minutos, o português abriu o placar. Após receber belo passe do argentino Di María, driblou o goleiro Buffon e tocou para o gol. Llorente conseguiu o empate para a Juventus, aos 22, mas Chiellini fez um pênalti grotesco aos 28 e permitiu que Cristiano Ronaldo marcasse novamente para assegurar a vitória do Real Madrid.

Goleada do campeão

O Bayern de Munique segue exibindo força na atual edição da Liga dos Campeões. Nesta quarta, os alemães aplicaram 5 a 0 no Viktoria Plzen, da República Checa, na Allianz Arena, e mantiveram o aproveitamento de 100% no Grupo D. Na temporada, o time chegou a 15 jogos de invencibilidade.

Com este resultado, o Bayern de Munique chegou aos nove pontos, na liderança isolada da chave. A segunda posição pertence ao Manchester City, que está com seis ao bater de virada o CSKA Moscou por 2 a 1, na Rússia - Tosic abriu o placar e o argentino Agüero fez os dois gols dos ingleses. O time russo é o terceiro colocado com três, à frente dos checos do Viktoria Plzen, ainda sem pontuar.

Sem sofrer ameaças em sua defesa, o Bayern de Munique não teve problemas para faturar mais uma vitória na Liga dos Campeões. Diante das limitações do rival, o time alemão dominou facilmente e começou a construir sua goleada aos 25 minutos, em cobrança de pênalti de Franck Ribèry. David Alaba ampliou aos 37 ao investir pela esquerda, atravessar a área e finalizar entre os zagueiros, no canto direito do goleiro.

No segundo tempo, Ribèry anotou seu segundo gol na partida, aos 16, depois de arrancar pelo meio e finalizar dentro da área. Schweinsteiger ampliou três minutos depois ao girar dentro da área e bater firme para as redes. E Mario Goetze encerrou a goleada, aos 45 minutos, após passe de Robben.

Manchester United ganha

O Manchester United continua com dificuldade sob o comando de David Moyes. Nesta quarta, o time inglês precisou de um gol contra para vencer o modesto Real Sociedad por 1 a 0, diante de sua torcida, no estádio Old Trafford, em rodada da Liga dos Campeões.

Apesar das dificuldades, a equipe alcançou a liderança do Grupo A ao atingir sete pontos, apenas um a mais que o Bayer Leverkusen. O time alemão goleou o Shakhtar Donetsk por 4 a 0, em casa. Os turcos seguem com três pontos, na terceira colocação da chave, enquanto que o lanterna Real Sociedad continua sem pontuar.

Sem poder contar com Van Persie, com dores na virilha, o Manchester United teve o protagonismo de Rooney nesta quarta - o mexicano Javier "Chicharito" Hernandéz formou dupla de ataque, mas foi apenas coadjuvante. O atacante não decepcionou a torcida ao chamar a responsabilidade para si e criar as principais chances de gol dos anfitriões.

Foi dos seus pés que surgiu a jogada que desembocou no gol contra de Iñigo Martinez. Rooney investiu pela esquerda, fez fila dentro da área e bateu forte. A bola acertou a trave e voltou contra o corpo do espanhol, que não pôde evitar o gol contra.

Em um dos poucos momentos em que se destacou em campo, Chicharito chegou a mandar a bola para as redes aos 19 minutos. Ele completou cruzamento do veterano Giggs, mas não comemorou porque o árbitro assinalou impedimento. No segundo tempo, Rooney continuou liderando o ataque, principalmente em disparadas pelo meio. Mas não conseguiu anotar o segundo gol.

Enquanto o Manchester United conquistava uma vitória apertada, o Bayer Leverkusen passeava contra o Shakhtar Donetsk. Autor de um gol irregular na sexta passada (a bola entrou pelo lado de fora das redes no Campeonato Alemão), o atacante Kiessling contribuiu com dois gols regulares nesta quarta. Rolfes, de pênalti, e Sidney Sam também marcaram.