X

Esportes

Ricardo Gomes diz que reforços do Santos não jogarão a Copa do Brasil

Tanto Bryan Ruiz como Carlos Sánchez já foram apresentados pelo clube e assinaram contrato

Folhapress

Publicado em 30/07/2018 às 18:28

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Ricardo Gomes informou que não haverá tempo hábil para que eles sejam registrados / Divulgação/Santos FC

Os novos reforços santistas não poderão ajudar o Santos na Copa do Brasil. Em entrevista coletiva concedida nesta segunda (30), o executivo de futebol do clube, Ricardo Gomes, informou que não haverá tempo hábil para que eles sejam registrados.

Tanto Bryan Ruiz como Carlos Sánchez já foram apresentados pelo clube e assinaram contrato. Porém, ainda não tiveram seus nomes registrados no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O regulamento da competição nacional previa o fim das inscrições até esta segunda-feira.

"Quarta não [estreiam]. Esse caso é muito mais da parte administrativa. Não vai ter o tempo necessário", afirmou o dirigente santista.

Nesta quarta-feira (1º), o Santos recebe o Cruzeiro, na Vila Belmiro, no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil. O jogo deve marcar a estreia de Cuca como técnico -a expectativa é que ele seja apresentado já nesta terça (31).

O dirigente também confirmou que o Santos ainda busca a contratação de um centroavante.

"Tem gente na mira. Nos próximos dias teremos boas notícias. Está claro para todo mundo [sobre a necessidade de um jogador para a posição], um nove com talento. Para chegar no Santos tem que ter talento, não pode ser qualquer 9. Mas teremos boas notícias", disse.

Já Derlis González depende apenas de detalhes para ser oficializado pelo Santos. Como já era esperado, ele deve chegar ao clube em uma troca por Vitor Bueno, que seguirá para o Dínamo de Kiev.

"Derlis está caminhando muito bem agora. Tivemos uma semana de batalha, acho que está fechado, mas não assinado. Passamos sufoco durante uma semana, inclusive o Vitor (Bueno), mas está bem encaminhado", acrescentou.

Assim como Vitor Bueno, Léo Cittadini deve deixar o Santos, segundo informação de Ricardo Gomes, que não crê em uma renovação contratual. "Será muito difícil de acontecer. Está complicado e tem poucas chances. Mas com a chegada do Cuca pode mudar. Tenho uma pequena esperança", afirmou.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Crime

Polícia prende, em flagrante, suspeito de tráfico de maconha 'poderosa'

Na revista, foram localizadas duas porções grandes da droga (96,3 gramas), escondidas dentro do quarto do suspeito

Guarujá

Prefeitura de Guarujá usa peixes no combate a dengue; entenda

Locais com grande acúmulo de água são pontos escolhidos para o uso dos peixes, que se alimentam das larvas do mosquito da dengue

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter