Renato treina e deve voltar domingo. Vanderlei participa de jogo-treino

Pela manhã, os jogadores fizeram apenas trabalhos físicos sob o comando do preparador Carlito Macedo

Comentar
Compartilhar
27 MAI 201517h48

Marcelo Fernandes quer aproveitar ao máximo a semana cheia do Santos para preparar sua equipe e chegar nas melhores condições para o duelo deste domingo, contra o Sport, na Vila Belmiro. Por isso, o treinador comandou treino em dois períodos nesta quarta-feira.

Pela manhã, os jogadores fizeram apenas trabalhos físicos sob o comando do preparador Carlito Macedo. Os atletas foram divididos em três grupos. Enquanto alguns ficaram na academia, outro pelotão participou de um circuito e um terceiro apenas correu em volta do gramado.

Já na parte da tarde, a grande novidade foi o retorno de Renato ao gramado. Depois de passar por uma intervenção para retirar um cisto da parte de trás do joelho esquerdo, o camisa 8 treinou no campo pela primeira vez e passará por um teste nesta quinta-feira para definir se ficará à disposição neste domingo. O clima, porém, é de otimismo.

Por outro lado, Valencia dificilmente será aproveitado. Uma mialgia, uma espécie de desgaste muscular, na panturrilha esquerda mais uma vez fez com que o volante ficasse apenas na academia, sem previsão de retorno.

O restante dos titulares, inclusive Robinho, participou de um treino de dois toques, em campo reduzido, sem muita intensidade.

Jogadores fizeram apenas trabalhos físicos sob o comando do preparador Carlito Macedo (Foto: Divulgação/Santos FC)

Jogo-treino

Os reservas do Peixe realizaram um jogo-treino na tarde desta quarta-feira no campo do CT Rei Pelé contra a Portuguesa Santista. A grande novidade foi a escalação de Vanderlei no gol. Ainda usando uma máscara protetora no rosto apenas pro precaução, o camisa 1 mostrou que está cada vez mais perto de ser liberado para ser relacionado aos jogos.

Vanderlei sofreu duas fraturas na face dia 26 de março, após se chocar com Rildo em duelo contra a Ponte Preta, ainda pela primeira fase do Campeonato Paulista, e precisou passar por uma cirurgia no local.

Além de Vanderlei, Marcelo Fernandes escalou o Santos com Cicinho, Leonardo, Gustavo Henrique e Zeca; Elano, Rafael Longuine e Marquinhos Gabriel; Lucas Crispim, Marquinhos e Gabriel. Na segunda etapa, Marcelo Fernandes mudou praticamente o time todo. Paulo Ricardo, Citadini, Diego Cardoso, entre outros garotos, ganharam oportunidade. Após um primeiro tempo sem gols, a Portuguesa Santista marcou na segunda etapa e acabou vendendo por 1 a 0.

A curiosidade ficou por conta da participação do centroavante aposentado Rodrigão, que já vestiu a camisa tanto do Santos quanto da Briosa e hoje é gerente de futebol do time Rubro-verde da Baixada Santista.