Renato reclama de falta em Vanderlei no gol de empate do Figueirense

Ao fim da partida, o experiente volante citou falta no arqueiro santista, que acabou resultando no gol de Ermel, aos 46 minutos do segundo tempo

Comentar
Compartilhar
25 MAI 2016Por Diário do Litoral22h44
Renato reclamou de um tranco no goleiro VanderleiRenato reclamou de um tranco no goleiro VanderleiFoto: Divulgação/Santos FC

O gol de empate do Figueirense marcado aos 46 minutos do segundo tempo, no Orlando Scarpelli, foi alvo de reclamação por parte do elenco santista. No lance que resultou no tento de Ermel, o volante Renato reclamou de um tranco no goleiro Vanderlei, que impediu que o mesmo agarrasse a bola na pequena área e evitasse o castigo no fim.

"Ele (Vanderlei) foi pegar a bola e achei que tinha tomado um tranco, mas não temos de reclamar. Ele (árbitro) não apitou, correu o jogo. Essa foi o único lance. Não era o (resultado) que queríamos. Diante da circunstância da partida, corremos e o resultado não veio", disse Renato.

As reclamações com a arbitragem de Wagner Magalhães não foram exclusividades do santistas. Ao fim do confronto, o carioca foi escoltado pela polícia por conta da fúria de torcedores e jogadores do Figueirense. Isso porque Magalhães assinalou dois pênaltis à favor do Peixe.

No primeiro, Ferrugem tirou a bola com a mão na pequena área e a penalidade foi assinalada. Vitor Bueno cobrou com tranquilidade e fez o primeiro do Peixe. Já no segundo, Joel foi derrubado dentro da pequena área por Jaime e o arbitrou anotou o segundo pênalti. O camaronês também bateu bem e naõ deu chances para o goleiro Gatito Fernandéz.