Recuperados, Cleber e Copete voltam ao Santos contra o The Strongest

O zagueiro deve formar dupla com Lucas Veríssimo entre os titulares. Já o colombiano pode ser opção no lugar de Jean Mota na lateral esquerda

Comentar
Compartilhar
15 MAI 2017Por Diário do Litoral15h44
Já o atacante colombiano está recuperado de um edema muscularFoto: Ivan Storti/Santos FC

O técnico Dorival Júnior terá dois reforços para o jogo do Santos contra o The Strongest (BOL), na próxima quarta-feira (17), em La Paz, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. O zagueiro Cleber e o atacante Copete, recuperados de lesões, foram relacionados para a partida.

O primeiro foi ausência no jogo contra o Fluminense, no último domingo, devido um desconforto muscular e deve figurar entre os titulares contra o time boliviano. A tendência é que ele forme dupla de zaga com Lucas Veríssimo. Yuri, que foi titular contra a equipe carioca, deve ser opção no banco.

Já o atacante colombiano está recuperado de um edema muscular. Ele foi desfalque nos jogos contra o Papão e Fluminense, e volta a ficar à disposição na equipe. Utilizado na lateral esquerda nas últimas partidas, ele pode ser opção entre os 11 iniciais – o meia Jean Mota também briga pela vaga.

A má notícia fica por conta das ausências de Thiago Maia, suspenso, do zagueiro David Braz, com uma lesão muscular, e o lateral Zeca, que está em fase final de tratamento no joelho esquerdo. Para o lugar de Maia, a expectativa é que o experiente Leandro Donizete inicie o duelo entre os titulares.

Sendo assim, o Peixe deve ir a campo com: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Cleber Reis e Jean Mota (Copete); Leandro Donizete, Renato e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.

Vale lembrar que um atleta, dos 19 relacionados, deverá ser cortado momentos antes da partida, conforme prevê o regulamento da Conmebol, que permite apenas sete jogadores no banco de reservas.

Confira também o banco de reservas: Vladimir, Matheus Ribeiro, Yuri, Léo Cittadini, Copete (Jean Mota), Kayke, Thiago Ribeiro e Vladimir Hernández.