Real Madrid tropeça em casa contra o Espanyol e agrava crise

Depois de sair atrás no placar, os merengues viraram, mas acabaram levando o gol de empate.

Comentar
Compartilhar
17 DEZ 201207h28

Se o clima no Santiago Bernabéu já não era dos melhores após a derrota por 2 a 1 para o Celta de Vigo, um empate por 2 a 2 em casa diante do modesto Espanyol deve esquentar ainda mais a rusga entre o técnico José Mourinho e o elenco do Real Madrid. Depois de sair atrás no placar, os merengues viraram o placar, mas acabaram levando o gol de empate já nos lances finais da partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol.

Contando com o meia croata Luka Modric em boa noite, o time da capital assustava o goleiro Francisco Casilla, mas sofria com os contra-ataques visitantes. Em uma dessas descidas dos catalães, inclusive, o placar foi inaugurado. O próprio Modric perdeu bola infantil para Joan Verdú e viu o camisa 10 rolar na medida para o centroavante Sérgio García mandar para as redes.

No último lance do primeiro tempo, no entanto, os donos da casa conseguiram reagir e reanimaram as arquibancadas em Madri. O volante alemão sami Khedira cruzou da direita e o português Cristiano Ronaldo apareceu para marcar seu 13º gol na competição.

Para dar sequência à reação madridista, o lateral esquerdo Fábio Coentrão tabelou com o compatriota Cristiano Ronaldo e bateu cruzado para virar a partida. Na pressão, o Real criava as melhores chances da partida, mas a falta de pontaria foi deixando o clima ainda mais tenso no Santiago Bernabéu.

E já aos 43 minutos da etapa complementar, a torcida levou mais um duro golpe na atual temporada. Apostando nas bolas paradas, o time visitante cobrou escanteio na área, a zaga merengue não conseguiu afastar o perigo e o uruguaio Juan Albín apareceu para conferir para o fundo da meta mandante.

O resultado deixa o Real Madrid ainda mais distante da briga pelo título do Campeonato Espanhol e já acende o sinal de alerta com a chegada do Málaga. Com 33 pontos, o time da capital tem apenas cinco de vantagem para o clube andaluz. Já o Espanyol segue na zona de rebaixamento, agora na penúltima colocação com 12 pontos, à frente apenas do Deportivo La Coruña.

Depois de perder para o Celta, Mou disparou críticas contra seu elenco e saiu ainda mais irritado com empate (Foto: AFP)