X

Esportes

Real Madrid amplia seu domínio no Mundial com triunfo sobre o Al Hilal

A formação saudita, responsável pela eliminação do Flamengo nas semifinais, não foi páreo para o campeão europeu

Folhapress

Publicado em 11/02/2023 às 17:59

Atualizado em 11/02/2023 às 18:18

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Facebook/Real Madrid

Após três anos em que passou por outras mãos, o Mundial de Clubes é novamente do Real Madrid. A equipe espanhola chegou ao título da edição 2022 do torneio atrasado por causa da Copa do Mundo no final do ano passado com uma vitória por 5 a 3 sobre o Al Hilal, no estádio Príncipe Moulay Abdellah, em Rabat.

A formação saudita, responsável pela eliminação do Flamengo nas semifinais, não foi páreo para o campeão europeu. Até teve bons momentos e chegou à rede com Marega e Vietto (2), porém acabou sucumbindo diante de um adversário poderoso, que triunfou com gols de Vinicius Junior (2), Valverde (2) e Benzema.

Foi a quinta conquista da equipe espanhola nas últimas nove edições da competição. Ninguém ganhou tanto o torneio organizado pela Fifa desde 2000 de forma ininterrupta, desde 2005. Contabilizadas também as glórias intercontinentais, são oito troféus que ajudam a explicar por que a agremiação é largamente considerada a maior do mundo do futebol.

Em Marrocos, o Real alcançou o título fazendo nove gols em dois jogos. Nas semifinais, com maiores dificuldades: sofreu pressão e só chegou ao 4 a 1 sobre o Al Ahly, do Egito, marcando duas vezes nos acréscimos. Na decisão, a superioridade ficou bem clara na maior parte do jogo, exceção feita a momentos de displicência defensiva.

A equipe dirigida pelo italiano Carlo Ancelotti cotado para assumir a seleção brasileira no meio do ano chegou ao Mundial após um período de dificuldades na Europa. Seu último jogo antes do embarque à África foi uma derrota por 1 a 0 para o Mallorca, pelo Campeonato Espanhol, resultado que animou os flamenguistas mais otimistas.

Mas o Flamengo foi derrotado nas semifinais e não teve nem a chance de encarar o gigante na final, na noite de sábado (11). Coube ao Al Hilal a tentativa de derrubá-lo. Algo que, perceberam Paris Saint-Germain, Chelsea, Manchester City e Liverpool na última Champions League, é uma tarefa muito difícil.

Não demorou para que os favoritos abrissem o placar, aos 13 minutos, com a combinação letal Benzema/Vinicius Junior. Após tabela com Kroos, o francês serviu o brasileiro, que saiu na cara do gol. Aos 18, após cruzamento de Modric e corte parcial do goleiro Al-Mayouf, Valverde aproveitou o rebote.

Na marcação, houve dificuldades. Aos 26, em uma saída rápida dos campeões asiáticos, Marega se viu na frente do gol para diminuir. O Al Hilal chegou a se animar, especialmente nos minutos derradeiros da primeira etapa, porém teve seu ímpeto esfriado com a produção do adversário na volta do intervalo.

Aos nove minutos, a combinação Vinicius Junior/Benzema funcionou de novo. Desta vez, foi o brasileiro o garçom, em bonito passe de trivela. Pouco depois, aos 13, Valverde tabelou com Carvajal e chegou à rede, desenhando uma goleada, porém os sauditas insistiram em buscar o ataque.

Vietto diminuiu, aos 18, recebendo passe preciso de Saud. Vinicius Junior marcou de novo aos 24, completando jogada com Ceballos. De novo, o Al Hilal foi à frente. Michael aproveitou erro de Camavinga e deixou Vietto em boa posição na pequena área, aos 34. O 5 a 3 teria virado 5 a 4 se Marega não tivesse falhado em seguida, com o gol quase aberto.

Falhou, como falharam vários adversários diante de um rival de camisa poderosa. O Real Madrid é campeão do mundo de novo.

REAL MADRID

Lunin; Carvajal (Jesús Vallejo), Alaba, Rüdiger e Camavinga; Tchouaméni (Dani Ceballos), Modric (Asensio) e Kroos (Nacho); Valverde, Vinícius Júnior e Benzema (Rodrygo). Técnico: Carlo Ancelotti.

AL HILAL

Al-Mayouf; Abdulhamid, Jang Hyun-Soo, Al Bulayhi e Khalifah; Cuéllar, Kanno e Vietto (Al-Hamdan); Carrillo (Michael), Salem Al-Dawsari (Nasser Al-Dawsari) e Marega (Ighalo). Técnico: Ramón Díaz.

FICHA TÉCNICA 
REAL MADRID 5 x 3 AL HILAL

Data: 11/02/2023 
Local: Estádio Príncipe Moulay Abdellah 
Hora: 16h (de Brasília) 
Cartões amarelos: 
Cartões vermelhos: 
Gols: Vinicius Junior (RMA), aos 13' do 1º tempo; Valverde (RMA), aos 17' do 1º tempo; Marega (HIL), aos 25' do 1º tempo; Benzema (RMA), aos 9' do 2º tempo; Valverde (RMA), aos 13' do 2º tempo; Vietto (HIL), aos 18' do 2º tempo; Vinicius Junior (RMA), aos 24' do 2º tempo; Vietto (HIL), aos 33' do 2º tempo.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado do Timemania no concurso 2094, neste sábado (18)

O prêmio é de R$ 2.200.000,00

Cotidiano

Confira o resultado da Quina no concurso 6444, neste sábado (18)

O prêmio é de R$ 20.500.000,00

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter