Real aceita vender Cristiano Ronaldo e vê Neymar como substituto

Informações publicadas no jornal El País apontam que o Real está disposto a vender o atacante para ainda neste ano na próxima janela de transferência

Comentar
Compartilhar
19 FEV 201314h12

Temendo perder Cristiano Ronaldo de maneira gratuita ao término de seu vínculo com o atleta português, em junho de 2015, o Real Madrid está disposto a vender o atacante ainda neste ano ou na próxima janela de transferências do futebol europeu. A informação foi publicada pelo jornal espanhol El País  na edição desta terça-feira, que ainda aponta quatro prováveis substitutos para o camisa sete: Neymar, Gareth Bale, David Silva e Isco.

A decisão teria sido tomada após o presidente do clube da capital, Florentino Pérez, perceber que Cristiano Ronaldo não pretende renovar seu contrato. Os dirigentes do Real Madrid tentam obter desde setembro um vínculo vitalício com o jogador português e estariam dispostos a oferecer salário de 15 milhões de euros (aproximadamente R$39,3 milhões) livres de impostos por temporada. Entretanto, o empresário do camisa sete, Jorge Mendes, interrompeu as conversas em dezembro.

Conforme afirma a publicação, Cristiano Ronaldo está certo de que não renovará com o Real Madrid e pretende cumprir seu contrato, que tem multa rescisória de um bilhão de euros (cerca de R$2,6 bilhões). Com isto, o atacante espera obter lucro de até 80 milhões de euros (aproximadamente R$209,9 milhões) em negociação com um novo clube, além de um alto salário.

Principal jogador do Real Madrid nas últimas temporadas, Cristiano Ronaldo pode ser vendido pelo clube espanhol (Foto: AFP)

Devido ao prestígio do atleta português junto aos torcedores do Real Madrid, Florentino Pérez já trabalha com possíveis substitutos para o jogador. O brasileiro Neymar (Santos) foi apontado como o favorito para suceder Cristiano Ronaldo, enquanto Gareth Bale (Tottenham Hotspur) seria a opção secundária. David Silva (Manchester City) e Isco (Málaga) são outros nomes cogitados.

O Real Madrid já teria, inclusive, enviado um emissário ao Brasil nas últimas semanas para conversar com Neymar, que tem contrato com o Santos até junho de 2014. No entanto, o atacante brasileiro apresentou vínculo firmado com o Barcelona, que estipula pagamento de 50 milhões de euros (R$131 milhões) ao clube catalão em caso de rompimento. Além disso, a agremiação paulista também espera receber 50 milhões de euros, fazendo a transação ter valor total de 100 milhões de euros (R$262 milhões).

Florentino Pérez, que desembolsou 94 milhões de euros (cerca de R$246,7 milhões) para contratar Cristiano Ronaldo junto ao Manchester United em 2009, estaria disposto a pagar o valor necessário para contratar Neymar. Contudo, o próprio jogador brasileiro tem dúvidas se é certo mudar seu destino no futebol europeu e coloca a transação em risco.

Vinculado ao Santos até 2014, Neymar é apontado como substituto de Cristiano Ronaldo no Real Madrid (Foto: Ricardo Saibun/Divulgação/ Santos FC)