Questionado, Fernando Prass se aproxima de reta final de contrato

Prass tem contrato com o Palmeiras até o dia 31 de dezembro de 2017 e pode assinar com outro clube seis meses antes do fim do vínculo atual

Comentar
Compartilhar
30 MAI 2017Por Gazeta Press13h30
Após o jogo contra o Atlético Tucumán, ele reiterou o desejo de renovar, mas contou que ainda não havia sido procurado pelo time palestrinoApós o jogo contra o Atlético Tucumán, ele reiterou o desejo de renovar, mas contou que ainda não havia sido procurado pelo time palestrinoFoto: Cesar Greco/SEP

Após falhar nas duas últimas partidas do Palmeiras, o experiente goleiro Fernando Prass passou a ser questionado, apesar da condição de ídolo da torcida alviverde. Em situação adversa, ele se aproxima da reta final de seu contrato, quando terá o direito de assinar com outro clube.

Na quarta-feira da semana passada, contra o Atlético Tucumán, Prass vacilou em uma saída no lance que culminou com o gol de Rodriguez, pela Copa Libertadores. No último sábado, pelo Campeonato Brasileiro, ele falhou nos tentos marcados por Lucas Pratto e Luiz Araújo.

Após a partida disputada no Estádio do Morumbi, Prass assumiu a responsabilidade e atribuiu a derrota contra o São Paulo ao seu próprio desempenho. Publicamente, o técnico Cuca e o atacante Dudu, dono da tarja de capitão, trataram de apoiar o goleiro.

Prass tem contrato com o Palmeiras até o dia 31 de dezembro de 2017 e pode assinar com outro clube seis meses antes do fim do vínculo atual. Após o jogo contra o Atlético Tucumán, ele reiterou o desejo de renovar, mas contou que ainda não havia sido procurado pelo time palestrino.

Contratado pelo Palmeiras no final de 2012, Fernando Prass participou do título da Série B do Campeonato Brasileiro 2013 e brilhou ao bater o pênalti decisivo na final da Copa do Brasil 2015. Na campanha vitoriosa no Brasileiro 2016, foi atrapalhado por uma lesão no cotovelo. Aos 38 anos, acumula 223 jogos pelo clube.

No ano passado, com Fernando Prass lesionado, Cuca resolveu apostar em Jailson após sucessivas falhas de Vagner. Escalado em 19 partidas da edição de 2016 do Campeonato Brasileiro, Jailson renovou até o final de 2018 e atualmente é o primeiro reserva.

Em função das recentes falhas, Fernando Prass sente a sombra de Jailson crescer. Às 21h45 (de Brasília) da próxima quarta-feira, precisando de um empate para avançar às quartas de final da Copa do Brasil, o Palmeiras enfrenta o Internacional, no Estádio Beira-Rio.