Esportes

Prova de ciclismo vai bloquear Anchieta-Imigrantes nesta segunda

Sistema administrado pela Ecovias irá sediar uma das mais tradicionais provas de ciclismo do Brasil; confira trechos interditados

Da Reportagem

Publicado em 06/07/2024 às 12:54

Atualizado em 06/07/2024 às 13:25

Comentar:

Compartilhe:

Prova Ciclística Internacional 9 de Julho existe desde 1932 / Divulgação

O Sistema Anchieta-Imigrantes sediará uma das mais tradicionais competições ciclísticas do Brasil. Na segunda-feira, dia 8, os trechos de planalto das rodovias Anchieta e Imigrantes vão receber cerca de 300 ciclistas da Prova Ciclística Internacional 9 de Julho, que existe desde 1932, em homenagem aos envolvidos da Revolução Constitucionalista. O evento não só promete uma competição de alto nível, mas também posiciona as rodovias paulistas como anfitriãs de grandes eventos esportivos.

Sob supervisão da Federação Paulista de Ciclismo (FPC) e da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), a 74ª edição da prova terá percurso de mais de 100 quilômetros, ida e volta, e será dividida nas categorias Elite, Sub-23 e Open Master. A largada da equipe masculina está marcada para as 7h e da equipe feminina para 9h.

A segurança e a fluidez do evento serão asseguradas por uma colaboração estratégica entre Ecovias, Policiamento Rodoviário e a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), com sinalização e bloqueios em diversos pontos das rodovias Anchieta, Imigrantes e Interligação Planalto. Nas áreas onde acontecerão os bloqueios, os motoristas serão conduzidos em comboios, acompanhados pelas viaturas do Policiamento Rodoviário e veículos da concessionária, garantindo a segurança e fluidez ao longo do percurso, tanto para os esportistas quanto motoristas que utilizam o SAI.

Os motoristas partirão da pista central da rodovia Anchieta, na altura do km 10, sentido litoral, e seguirão até o km 40, onde acessarão a Interligação, que estará parcialmente bloqueada no sentido Planalto. Em seguida, os esportistas percorrerão a pista norte da rodovia dos Imigrantes, do km 40 ao km 42, onde farão o retorno e voltarão pelo mesmo trajeto. Em alguns trechos, a concessionária organizará comboios com motoristas para garantir a segurança viária dos usuários e ciclistas.

Os atletas realizarão o trajeto da prova partindo do km 10 da rodovia Anchieta, sentido litoral, e seguirão até o km 29, pela pista central. Os ciclistas seguirão pela Interligação, sentido Planalto, e retornarão sentido São Paulo pela Rodovia dos Imigrantes. As pistas auxiliares serão dedicadas e devidamente sinalizadas com barreiras para garantir a passagem segura dos esportistas.

Recurso operacional

Na segunda-feira, dia 8 de julho, a Ecovias mobilizará 13 veículos operacionais, entre eles guinchos, unidades de guincho para remoção de veículos, além de veículos de inspeção de tráfego e carros de apoio. O Policiamento Rodoviário contribuirá com 11 viaturas. O Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária, em conjunto com o policiamento, monitorará o tráfego por meio das mais de 160 câmeras. Adicionalmente, os painéis eletrônicos (PMVs) informarão os motoristas sobre o evento e seus devidos bloqueios, garantindo a correta sinalização durante o percurso.

Histórico

A Prova Ciclística, criada em 1932 pelo jornalista Cásper Líbero em homenagem à Revolução Constitucionalista, é realizada pelo jornal A Gazeta Esportiva. Desde 1997, o evento é um feriado oficial em São Paulo.

O maior campeão masculino é o argentino Francisco Chamorro, com quatro títulos, e confirmado para este ano. Entre as mulheres, Cláudia Carceroni e Luciene Ferreira compartilham o recorde de quatro vitórias.

Os cinco primeiros colocados de cada pelotão receberão prêmios em dinheiro, além de pódio e troféu. Ciclistas com mais de cinco minutos de diferença do pelotão principal em seis pontos de corte serão desclassificados e deverão entrar no carro da organização.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Santos terá museu de artes plásticas com entrada gratuita; veja

A expectativa é que obras de Nuno Ramos, Jarbas Lopes e Sergio Romagnolo cheguem a cidade

Diário Mais

Artista usa inteligência artificial e emociona ao mostrar como estariam os Mamonas hoje

Grupo musical morreu em trágico acidente aéreo em 2 de março de 1996

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter