Prass volta a forçar cotovelo direito e inicia última etapa para jogar

O veterano foi o primeiro jogador a aparecer no campo da Academia de Futebol. Trabalhou com o preparador de goleiros Fernando Miranda e foi aumentando a intensidade dos movimentos

Comentar
Compartilhar
08 SET 201417h09

Uma das grandes esperanças da torcida para evitar o rebaixamento está próximo de voltar ao Palmeiras. Fernando Prass vestiu luvas no treino da tarde desta segunda-feira pela primeira vez desde que retirou pinos do cotovelo direito operado em maio e retomou os trabalhos de impacto sobre a região que passou por cirurgia.

O veterano foi o primeiro jogador a aparecer no campo da Academia de Futebol. Trabalhou com o preparador de goleiros Fernando Miranda e foi aumentando a intensidade dos movimentos até que chegou a se apoiar no cotovelo direito, sem aparentar incômodo na região.

É certo que Fernando Prass volta a jogar até o final deste mês, mas, de acordo com a sua evolução, existe a possibilidade de ele entrar em campo contra o Flamengo, no dia 17, ficando fora contra Criciúma, nesta quarta-feira, e Fluminense, no sábado. Mas o retorno mais provável ocorre diante do Vitória, no dia 25.

Fernando Prass vestiu luvas no treino da tarde desta segunda-feira  (Foto: Divulgação/SEP)

O goleiro de 36 anos se machucou contra o Flamengo, em 4 de maio, e operou o cotovelo direito dias depois. A previsão de volta mais otimista seria em agosto, mas o veterano não suportou o incômodo gerado por pinos e fios na região da cirurgia e precisou retirar os materiais, atrasando um pouco mais o seu retorno.

No jogo em que Prass se machucou, Bruno o substituiu e, diante de mais críticas, pediu para ser negociado. Desde então, Fábio virou titular e tem falhado frequentemente, mas, com Deola como opção na reserva, deve continuar na posição até que Fernando Prass tenha condições de entrar em campo.