Por vontade da FPF, Santos e Ituano disputam finais no Pacaembu

A Federação manifestou o interesse em colocar os dois confrontos no local, e os finalistas aceitaram em não utilizar seus respectivos estádios, acatando o mando na capital paulista

Comentar
Compartilhar
31 MAR 201413h16

As diretorias de Santos e Ituano se reuniram no início da tarde desta segunda-feira com o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, e concordaram em disputar os dois jogos da decisão do Campeonato Paulista no estádio do Pacaembu.

A FPF manifestou o interesse em colocar os dois confrontos no local, e os finalistas aceitaram em não utilizar seus respectivos estádios, acatando o mando na capital paulista. Dono da melhor campanha deste Paulistão, o Peixe teria a vantagem de disputar a segunda partida em casa, mas concordou em utilizar o Pacaembu.

O Ituano, que avançou à decisão após surpreender e eliminar o Palmeiras na semifinal, não disputou nenhum jogo deste mata-mata em sua casa, pois, antes de enfrentar o Verdão na capital, duelou com o Botafogo em Ribeirão Preto nas quartas de final.

Já era esperado que o time de Itu dificilmente atuaria no Novelli Júnior, pois uma parte da arquibancada não está apta a receber público, reduzindo a capacidade do estádio. Depois da reunião, as diretorias dos dois clubes explicaram que gostariam de jogar em casa, mas entenderam os argumentos da Federação.

As diretorias de Santos e Ituano concordaram em disputar os dois jogos da decisão do Campeonato Paulista no estádio do Pacaembu (Foto: Divulgação)

Assim, nos dois próximos domingos, Santos e Ituano se enfrentam em São Paulo, com renda dividida, mas com presença maior da torcida do Peixe no estádio.