Pessimista, Santos aguarda definição de Lucas Lima para segunda-feira

O jogador analisou oferta de renovação, na última terça-feira (27), e, segundo o presidente Modesto Roma Júnior, uma definição deve acontecer na próxima semana

Comentar
Compartilhar
30 JUN 2017Por Diário do Litoral16h43
Durante o bate-papo, o jogador teve a confirmação do interesse do Peixe em mantê-lo até o final de 2020Durante o bate-papo, o jogador teve a confirmação do interesse do Peixe em mantê-lo até o final de 2020Foto: Ivan Storti/Santos FC

O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, aguarda uma decisão do meia Lucas Lima a respeito de uma renovação contratual na próxima segunda-feira (03). Na última terça-feira (27), o jogador analisou oferta do clube em reunião no CT Rei Pelé. Estiveram presentes também o empresário Edson Khodor, acompanhado do seu sócio, Nilson Júnior, o pai do atleta, Roberto Lima.

Durante o bate-papo, o jogador teve a confirmação do interesse do Peixe em mantê-lo até o final de 2020. Segundo apuração do Diário do Litoral, o jogador receberia R$ 41 milhões entre salários e luvas (prêmio por assinatura de contrato) e ainda teria direito a percentual numa futura venda.

“Ele viajou para os jogos contra Flamengo e Atlético-GO. Pediu para responder na segunda-feira. E quem espera há três meses, espera até segunda-feira. Fizemos uma proposta que compensa para o jogador ficar no Brasil. É justa e dentro das condições do clube”, disse o mandatário, em entrevista concedida à Rádio Bandeirantes.

De acordo com informações da Reportagem, o jogador adota cautela para definir a sua situação. A partir do próximo dia 01 (sábado), Lucas Lima ficará a seis meses do fim do contrato com o Peixe e poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe do mundo. Ele não esconde o desejo de se transferir para um grande clube da Europa.

Nos últimos dias, o jogador teve seu nome especulado no Barcelona, que estaria acompanhando a sua situação e disposto a contar com o atleta a partir do início do ano que vem. O empresário do atleta, Edson Khodor, e representantes da equipe catalã, porém, não confirmam nenhum contato.

Atualmente, os direitos de Lucas Lima são divididos em três partes: 80% pertencem ao Doyen Sports, 10% à Khoddor Soccer e 10% ao Santos.