Pedal Noturno reúne 160 ciclistas em sua estreia em Guarujá

Encontro de ciclistas se torna semanal e aberto ao público

Comentar
Compartilhar
18 FEV 201317h36

Exercitar-se e ainda ajudar o próximo. Esta é a proposta do Pedal Noturno, projeto de passeio ciclístico por Guarujá que reuniu 160 ciclistas logo na sua estreia, na última sexta-feira (15). A iniciativa, além de proporcionar um momento para a prática de atividade física, arrecada alimentos para o Fundo Social de Solidariedade do Município. O sucesso da primeira edição já rendeu resultados e o evento se tornará semanal, às sextas-feiras, às 20 horas, partindo da Praça da Matriz, no Centro.

Logo neste primeiro encontro, ciclistas de todas as idades se reuniram para um percurso de oito quilômetros, passando pelas praias de Guarujá. Um dos mais animados do grupo era o aposentado Gerson Romano Mari. Praticante de ciclismo há oito anos e morador do Município há três, ele conta que já participou de eventos como este fora da Cidade e achou a iniciativa válida na Pérola do Atlântico.

“Fiz ciclismo cultural e histórico em diversas cidades e fazer em Guarujá foi muito bom. É uma forma de exercitar o corpo e ainda se divertir. Será melhor ainda se sempre tiver eventos como este”, exalta.

Tido como um esporte democrático e para todas as idades, o Pedal Noturno inovou nesta primeira edição (Foto: Raimundo Nogueira/ Divulgação)

Tido como um esporte democrático e para todas as idades, o Pedal Noturno inovou nesta primeira edição. Clarissa, uma cadela da raça Chow-chow, e seu dono, o soldador Roger do Santos, roubaram a cena no passeio e já confirmaram presença no próximo encontro, nesta sexta-feira (22).

“Pratico pedalada há dois anos e há um ano tenho a Clarissa como minha companheira. Antes eu a carregava no braço, mas hoje, como ela ficou mais pesada, vai no cano da bicicleta. Ela adora passear de bike”, conta o soldador.

Um dos idealizadores do projeto, o servidor público Paulo José Campelo, se disse realizado com a primeira edição do Pedal Noturno. “Eu posso dizer que foi um sucesso. Sorteamos uma bicicleta e o ganhador a doou para o Fundo Social de Solidariedade, para que seja repassada para uma instituição de caridade. Além disso, arrecadamos 140 quilos de alimentos, que também irá para o Fundo. Esperamos arrecadar mais alimentos e ter mais adeptos do ciclismo conosco na próxima sexta”, conta Campelo.