Paulinho comemora gol no Pacaembu e pede vitória fora de casa: 'É obrigação'

O atacante foi responsável pelo segundo gol do Peixe na partida após boa troca de passes de todo o time

Comentar
Compartilhar
05 JUN 2016Por Diário do Litoral13h20
Paulinho cobrou mais vitórias fora de casaPaulinho cobrou mais vitórias fora de casaFoto: Divulgação/Santos FC

Criticado pela torcida após mau rendimento contra o Internacional, na Vila Belmiro, o atacante Paulinho amargou o banco de reservas contra o Corinthians, no meio de semana. Neste domingo, no entanto, ele ganhou nova oportunidade, deu conta do recado e foi peça importante na vitória do Santos por 3 a 0 contra o Botafogo.

Ele foi responsável pelo segundo gol do Peixe na partida. Após boa troca de passes de todo o time, Paulinho se desvencilhou da marcação e chegou às redes aos 34 minutos da primeira etapa. Este foi o quarto gol do jogador, desde a sua chegada à equipe no início do ano. Ele também tem duas assistências para gol.

"Foi um lindo gol. Todos tocaram na bola e aí chegou pro (Léo) Cittadini e ele deu belo passe e eu consegui virar batendo. O gol foi meio chorado, mas muito importante pra mim e equipe", disse o atacante.

Empolgado com a boa atuação, o jogador espera aproveitar o bom momento para ajudar o Peixe a vencer fora de casa no Brasileirão. A equipe encara o Santa Cruz, no próximo domingo, às 19h, no Estádio Arruda, e tenta acabar com jejum de 11 jogos sem vitórias longe dos seus domínio.

"A gente tem a obrigação de ganhar fora de casa. O Santos é grande, revela grandes jogadores e é conhecido no mundo inteiro. Temos que honrar a camisa do Santos, lutar do começo ao fim. Torcida não quer ver só gol, chapéu e caneta. Ela quer também raça, então estamos aí lutando para colocar o Santos lá no topo da tabela", disse.