Pato valoriza a própria luta e diz que "dá para melhorar"

Atacante não balançou a rede, mas atuou bem em sua primeira partida como titular do Corinthians, frente ao Botafogo-SP.

Comentar
Compartilhar
07 FEV 201311h58

Alexandre Pato fez uma boa avaliação de sua primeira partida como titular do Corinthians, o empate por 0 a 0 com o Botafogo. O atacante não balançou a rede, como na estreia, mas se movimentou bastante, sobretudo no primeiro tempo, e conseguiu algumas finalizações.

“Vou trabalhar muito para estar 100%. Não estou ainda, mas lutei bastante, corri e me senti bem. Faltou o gol. Eles tinham a zaga fechada atrás e não conseguimos o gol. Dá para melhorar”, resumiu o camisa 7 do Timão.

O jogador disse estar trabalhando para jogar os 90 minutos, mas “isso depende do Tite”. No sábado, contra o São Caetano, o treinador pode voltar a utilizá-lo no comando de ataque ou escalar Guerrero, que atuou nesta quarta na vitória do Peru sobre Trinidad e Tobago, por 2 a 0, sem balançar a rede.

Deixando o confronto com o Azulão para depois, Pato manifestou gratidão ao público que compareceu ao estádio Santa Cruz. Boa parte das arquibancadas foi ocupada por corintianos, que festejaram bastante o principal reforço do Corinthians para a temporada.

“Queria agradecer à torcida, que veio em peso hoje. É uma coisa boa para os jogadores, isso acaba nos ajudando muito. Vamos tentar dar a eles a vitória lá no Pacaembu, na próxima partida”, concluiu o atacante.

Marca na pele

Alexandre Pato observou a marcação dura do Botafogo, algo constante nos times de Marcelo Veiga. Ele chegou a colocar o calção para baixo – para delírio de suas seguidoras histéricas – e exibiu uma marca deixada pela chuteira de Rafael Santos.

“O goleiro me deixou uma marca, mas não é nada demais, estou tranquilo. A gente sabia que eles iam chegar mais forte. Eles fizeram o que tinham de fazer, jogaram bem”, afirmou o camisa 7.

Para delírio de suas fãs barulhentas, Pato exibe marca deixada pela chuteira do goleiro Rafael (Foto: Agência Corinthians)