Pato prometeu voltar ao Milan no ano que vem, revela Berlusconi

Apesar de ter assinado um contrato por quatro temporadas com o Corinthians, Berlusconi dia haver um acordo para que o atleta ao Milan volte em um ano.

Comentar
Compartilhar
08 JAN 201316h14

Alexandre Pato acabou de assinar contrato com o Corinthians por quatro temporadas, mas, de acordo com o presidente do Milan, Silvio Berlusconi, voltará ao clube italiano já no ano que vem. Segundo dirigente, o atacante brasileiro teria prometido retornar a Milão em "um ano, um ano e meio".

"O acordo é ele ir para lá (no Corinthians), ficar um ano, um ano e meio, e então retornar ao Milan. Foi isso que ele me disse na semana passada, quando me abraçou da última vez em que nos vimos", revelou Berlusconi, em entrevista para uma TV italiana.

Além de ser presidente do Milan, Berlusconi mantém uma relação estreita com Pato graças ao relacionamento de sua filha, Barbara, com o atacante. Recentemente, ela chegou, inclusive, a garantir que a distância não atrapalharia a relação do casal.

Pato custou 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 40 milhões) ao Corinthians e chega como principal reforço para a próxima temporada. (Foto: Divulgação/ SCCP)

Pato custou 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 40 milhões) ao Corinthians e chega como principal reforço para a próxima temporada. Além da qualidade em campo, o jogador de 23 anos é visto como aposta do marketing para internacionalizar ainda mais o clube. A preocupação, no entanto, é com a sequência recente de lesões musculares, que impediram que ele atuasse em alto nível pelo Milan nos últimos dois anos.

Diante dos seguidos problemas físicos e da condição de reserva no time do técnico Massimiliano Allegri, Pato teria pedido ao Milan para ser negociado com o Corinthians. Mas, segundo Berlusconi, o brasileiro já projeta seu retorno ao clube italiano, que defendia desde 2007.