Palmeiras tenta recuperar dez lesionados até estreia

Para a estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Criciúma, titulares como o goleiro Fernando Prass e o meia Valdivia devem estar à disposição do técnico Gilson Kleina

Comentar
Compartilhar
04 ABR 201417h58

Com duas semanas sem jogos pela frente, o Palmeiras pretende focar a parte física e recuperar fisicamente dez dos onze jogadores que estão machucados. Para a estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Criciúma, no dia 20, titulares como o goleiro Fernando Prass e o meia Valdivia devem estar à disposição do técnico Gilson Kleina. O único retorno descartado é do zagueiro Thiago Martins, que passou por uma cirurgia no joelho direito e só retorna em julho.

Os desfalques já dificultaram o técnico a escalar o time que bateu o Vilhena, por 2 a 0, pela Copa do Brasil, na última quarta-feira. Agora, o clube vai usar a folga para recuperar os lesionados e crê que o tempo é satisfatório.

"Buscamos trabalhar individualmente com cada atleta para buscar o máximo de proteção possível. Alguns vêm de sequência grande de jogos, então vamos tomar cuidado com a fadiga da musculatura para evitar novos problemas", explicou nesta sexta-feira o preparador físico Fabiano Xhá.

Fernando Prass deve estar disponível para a estreia do Palmeiras no Brasileirão (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Na próxima semana na segunda e terça-feira o time vai fazer treinos físicos. Na quarta-feira os trabalhos técnicos e táticos retornam e a expectativa é para que nesse dia boa parte dos lesionados já esteja à disposição de Kleina. Do time considerado titular do Palmeiras, sete jogadores estão no departamento médico e vivem a expectativa de se recuperar e poder focar na preparação para o Campeonato Brasileiro.

Estão machucados: Fernando Prass (tornozelo direito), Juninho, Wesley, Alan Kardec, Bruno César (todos com problemas na coxa esquerda), Valdivia (tornozelo direito), Diogo (coxa direita), França (panturrilha esquerda), Wendel (coxa direita) e Bruno Oliveira (dores musculares).