Palmeiras recusou proposta de R$ 27 milhões por Barcos

Na semana passada Barcos cogitou deixar o time do Parque Antarctica, mas voltou atrás e prometeu permanecer no clube.

Comentar
Compartilhar
04 DEZ 201217h10

Há cerca de um mês e meio, chegou ao Palmeiras uma oferta de cerca de 10 milhões de euros (R$ 27 milhões), de um time russo,  por Barcos e ela foi descartada.  Antes de recusá-la, a diretoria palmeirense diz ter consultado o atacante, que, sabendo da crise interna, negou a transferência. O fato é tido no clube como arma para manter Barcos na equipe.

A intenção é manter Barcos no time, pelo menos, até o fim da participação do time na Libertadores. E, a partir de então, agir novamente para segurá-lo para o resto da temporada.

Na semana passada, o atacante cogitou deixar o Palmeiras para não ficar de fora da seleção argentina. Porém, voltou atrás no dia seguinte e prometeu ficar no clube.

"O amor e o carinho que sinto pelo Palmeiras não troco por nenhum clube. Tenho um sonho de jogar uma Copa do Mundo. Mas a única forma que saio do Palmeiras é se o Palmeiras receber uma proposta irrecusável. Eu vou ficar no Palmeiras por amor e por tudo que quero para mim", falou o argentino.

Autor de 28 gols na temporada, Barcos tem contrato com a equipe alviverde até 2015. A multa rescisória do jogador para o exterior é de 20 milhões de euros (cerca de R$ 54 milhões).

Barcos marvou 28 gols na temporada e tem contrato com o Palmeiras até 2015. (Foto: Divulgação)

Colunas

Contraponto