Palmeiras não define companheiro de Kleber em treinos na Argentina

O treinador optou por poupar o meia Valdivia das atividades com bola e apenas confirmou Kleber como um dos dois atacantes

Comentar
Compartilhar
05 MAR 201320h45

O técnico Gilson Kleina organizou nesta terça-feira (5) os trabalhos que encerraram a preparação do Palmeiras para o duelo com o Tigre, nesta quarta-feira, em Victoria. Sem escalar os onze jogadores que iniciarão a terceira rodada da Libertadores como titulares, o treinador optou por poupar o meia Valdivia das atividades com bola e apenas confirmou Kleber como um dos dois atacantes de seu novo esquema tático.

A ausência de Valdivia foi justificada com base nas condições do gramado do estádio Monumental Victoria. Gilson Kleina ficou receoso de acionar o chileno nas movimentações táticas e o designou para uma série de exercícios físicos na beira do campo. Com a lesão de Souza, o camisa 10 já está confirmado como parceiro de Wesley na criação de jogadas ofensivas do Verdão.

Já o setor ofensivo permaneceu envolto em mistério. Ao contrário do que se esperava no Brasil, o técnico alviverde mostrou que Vinicius segue como favorito a uma vaga  entre os titulares. O jovem atleta saiu na frente de Maikon Leite e poderá ser escolhido como companheiro de Kleber nesta quarta-feira. A mudança tática foi a forma encontrada para surpreender a zaga adversária com jogadas pelo alto.

Kleber foi o único jogador confirmado por Gilson Kleina (Foto: Divulgação)

“As dimensões do estádio e o gramado irregular fazem da bola aérea uma opção interessante para esta partida. Eles vão usar muito este artifício e nós também precisaremos de um homem de referência em nosso time”, explicou Gilson Kleina, em entrevista concedida à Rádio Globo.

A expectativa é de que o Palmeiras enfrente o Tigre com: Fernando Prass; Ayrton, Henrique, Mauricio Ramos e Marcelo Oliveira; Vilson, Márcio Araújo, Wesley e Valdivia; Vinicius (Maikon Leite) e Kleber. O Verdão ocupa a terceira colocação no Grupo 2 da Copa Libertadores, com três pontos, e precisa de uma vitória para não se complicar na sequência do torneio.