Neymar revela 'guru' na Espanha e reafirma chance de saída em junho

O atacante sempre deixa a entender a sua preferência pelo time do lateral-direito Adriano, com quem fala constantemente sobre o Campeonato Espanhol

Comentar
Compartilhar
08 MAR 201311h46

Neymar segue sem revelar qual é o seu provável destino: o Santiago Bernabéu, em Madri, ou o Camp Nou, em Barcelona. No entanto, o atacante  sempre deixa a entender a sua preferência pelo time do lateral-direito Adriano, com quem fala constantemente sobre o Campeonato Espanhol.

“Ele está me animando muito para eu ir com ele”, brincou o jogador, em entrevista à COPE. “Ele me fala da Liga e da experiência de jogar lá. Sempre foi muito amigo meu”, acrescentou, antes de citar os outros companheiros na Espanha: “Dani Alves, Filipe Luís, Jonas, Diego Alves e Léo Baptistão”.

O camisa 11 do Santos também aproveitou para deixar clara a sua fala do último dia 3, na saída de campo do Morumbi, no clássico com o Corinthians. “São coisas que estão inventando. Falaram que eu disse que iria sair, mas não foi isso. Estão equivocados. Foi totalmente diferente do que falei”, garantiu.

Craque do Peixe, Neymar, no entanto, não descartou a sua saída da Vila Belmiro já na próxima janela de transferências internacionais. “Se eu tiver que ir agora, irei. Se for só daqui a cinco anos, será só daqui a cinco anos. É o meu momento e a minha decisão. Quando decidir, vou falar”, revelou.

Neymar revelou conversas com o lateral-direito Adriano, do Barcelona, e voltou a falar sobre possível saída em junho (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

Ainda com o sonho de jogar na Europa, Neymar finalizou com o seu “espanto” pelo Barcelona. “Nos últimos anos, o Barcelona vem assustando o mundo inteiro pelo seu futebol. É um dos melhores times que existem no mundo. Mas não tenho nenhuma preferência”, encerrou.

Com contrato até o meio de 2014, Neymar dava o discurso de que permaneceria no Santos até o final do vínculo. No entanto, um pré-contrato com o clube catalão, como aponta a imprensa espanhola, pode ser a deixa do atleta de 21 anos ainda em 2013.

Recentemente, o presidente do Barça, Sandro Rosell, confirmou o interesse na contratação do camisa 11, pela recomendação da própria comissão técnica. De acordo com o mandatário culé, “Neymar está na lista de prioridades para a próxima janela de transferências”.