Nadal controla "zebra" e decide Brasil Open contra Nalbandian

Ainda com altos e baixos, espanhol precisou de três sets contra 111º do mundo e não se vê como favorito contra argentino

Comentar
Compartilhar
17 FEV 201310h07

A decisão do Brasil Open 2013 terá o tenista preferido do público neste domingo (17). Campeão de 2006 e principal favorito ao título, o espanhol Rafael Nadal teve momentos irregulares e cedeu um set ao lucky loser argentino Martin Alund, mas passou pela semifinal com parciais de 6/3 6/7(2) 6/1, em 1h56 de jogo. Em busca do 51º título da carreira, Nadal enfrenta o argentino David Nalbandian pela primeira vez em uma quadra de saibro a partir das 13h deste domingo.

O espanhol venceu os últimos quatro duelos contra Nalbandian e tem duas derrotas no confronto direto, mas não se vê como favorito ao disputar apenas seu segundo torneio em sete meses. "Estou muito feliz por estar de volta à final no Brasil. Me sinto bem, mas não estou perfeito em nenhum sentido. Vai ser uma partida muito difícil contra Nalbandian, que é um jogador muito completo. Com as (minhas) condições, não sou favorito", disse Nadal após a vitória.

Para David Nalbandian, chegar na decisão superou suas expectativas. "Se me dissessem na segunda-feira que eu chegaria na final, acharia muito estranho".
O ex-top 3 do mundo bateu o italiano Simone Bolelli com parciais de 6/3 7/5 e entrou para a história do Brasil Open como 4º argentino a disputar a decisão do ATP brasileiro, depois de Guillermo Coria (2002), Agustin Calleri (2004) e Guillermo Cañas (2007).

Nadal tem o melhor aproveitamento no saibro na Era Aberta (92,8%) e busca o 37º título na terra batida. Atual número 93 do mundo, Nalbandian volta a uma final após oito meses e tenta o primeiro título após dois anos e meio. Ele soma 11 títulos na carreira, quatro deles no saibro. "Terei de jogar o melhor possível e estar melhor preparado s quiser vencer Nadal", afirmou Nalbandian.

Rafael Nadal vai lutar pelo bi no Brasil Open (Foto: Divulgação)