Na despedida de Milton, São Paulo empata com Inter poupado no Beira-Rio

O Tricolor continuou com sete pontos conquistados na tabela, tentando se aproximar do G4. O Colorado, por sua vez, permaneceu com os cinco somados e quer se afastar da zona de rebaixamento

Comentar
Compartilhar
31 MAI 201518h45

Apesar de enfrentar um Internacional misto – alguns titulares estavam machucados e outros foram poupados – o São Pulo não conseguiu movimentar o marcador no Beira-Rio e conquistar uma vitória pela quarta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Cerca de 37 mil torcedores assistiram a um 0 a 0 que não refletiu o que foi o jogo: ambos os times se arriscaram em campo e chegaram ao ataque, fazendo a partida disputada, mas conseguiram criar poucas chances de perigo.

Com a igualdade, o Tricolor continuou com sete pontos conquistados na tabela, tentando se aproximar do G4. O Colorado, por sua vez, permaneceu com os cinco somados e quer se afastar da zona de rebaixamento.

Pela quinta rodada, o Inter tem compromisso marcado com outro paulista: encara o Palmeiras no Allianz Parque, às 21 horas (de Brasília) da próxima quarta-feira. Já o São Paulo tem clássico agendado com o Santos no Morumbi, na mesma data e horário.

Primeira etapa é movimentada, mas perigo aparece só no fim

Embora a torcida não tenha visto gols no primeiro tempo, a partida foi bastante disputada nesta etapa inicial. As jogadas de ataque criadas por ambas as equipes esbarravam nas defesas são-paulinas e coloradas.

Assim, era difícil assistir à alguma chance de perigo. A primeira finalização, inclusive, saiu quase na metade da etapa, sendo protagonizada pelo Tricolor paulista, mas não foi suficiente para assustar o adversário gaúcho.

Internacional e São Paulo não conseguiram movimentar o placar do Beira-Rio (Foto: Gustavo Granata/AGIF)

Movimentado, o primeira tempo caminhava para acabar sem grandes oportunidades de gol, até que, no final, as equipes começaram a assustar. Pelo lado do Inter, a única boa chance ocorreu aos 31 minutos, quando Taiberson cruzou para a área da lateral esquerda, e Lisandro López, desmarcado, chutou de primeira, mas para fora.

Já o São Paulo conseguiu levar perigo real aos colorados. Com 42 jogados, a equipe visitante armou contra-ataque rápido. Michel Bastos tocou para Alexandre Pato, que chutou em cima de Alisson. O atacante ficou com o rebote e finalizou rasteiro, mas o goleiro, caído, conseguiu abafar a conclusão.

Dois minutos depois, Pato cruzou para Luis Fabiano na área, e ele cabeceou na trave. Dória ficou com a sobra e, desequilibrado, finalizou novamente para outra defesa de Alisson.

Segundo tempo também é disputado, mas placar permanece inalterado

Sem levar perigo na etapa inicial, o Inter foi quem assustou primeiro no segundo tempo, aos 14 minutos. Em bola alçada na área, Alan Costa ajeitou de cabeça para Lisandro López, que cabeceou para Rogério Ceni se esticar e espalmar para cima do gol.

Nos minutos seguintes, as características do começo do jogo foram vistas novamente. A partida era movimentada, mas as equipes pouco ameaçavam uma a outra. O Colorado, porém, era ligeiramente superior e rondava a área adversária com mais intensidade.

A segunda e última chance de perigo foi novamente protagonizada pelo Inter. Em falta de Reinaldo na entrada da área, o tricolor acabou expulso ao receber o segundo cartão amarelo. Alex cobrou com chute preciso, mas Rogério Ceni espalmou para fora, garantindo o empate no Beira-Rio.