Muricy recebe alta após cirurgia de retirada da vesícula

Além de sofrer com as pedras na vesícula, o treinador teve uma crise de diverticulite no início do ano. O problema o levou a ficar internado e perder a estreia do São Paulo na temporada

Comentar
Compartilhar
17 ABR 201513h24

O técnico Muricy Ramalho recebeu alta hospitalar no início da tarde desta sexta-feira, um dia após passar por uma cirurgia para a retirada da vesícula em São Paulo. A informação foi confirmada pela unidade Morumbi do Hospital São Luiz, onde o ex-treinador do São Paulo estava internado.

De acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital, Muricy se recupera de modo satisfatório da operação e passa bem. Assim, ele seguirá o seu tratamento em casa, sob supervisão do médico-cirurgião Alexander Morrell.

"O Hospital São Luiz, unidade Morumbi, informa que o ex-técnico do São Paulo Futebol Clube, Muricy Ramalho, teve alta no inicio da tarde de hoje. O paciente evoluiu satisfatoriamente após ter sido submetido a uma cirurgia de retirada da vesícula por cálculo, passa bem e seguirá em tratamento ambulatorial com o médico-cirurgião dr. Alexander Morrell", afirma o boletim médico.

De acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital, Muricy se recupera de modo satisfatório da operação e passa bem (Foto: Divulgação/SPFC)

Muricy deixou o comando do São Paulo em 6 de abril, em acordo com a diretoria do São Paulo, após resultados ruins do time no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores, mas também para cuidar dos seus problemas de saúde, que se tornaram recorrentes.

A cirurgia já era prevista desde antes de Muricy deixar o comando do São Paulo. Além de sofrer com as pedras na vesícula, o treinador teve uma crise de diverticulite no início do ano. O problema levou o treinador a ficar internado e perder a estreia do São Paulo na temporada. No ano passado, ele também teve uma crise de arritmia cardíaca e precisou ser hospitalizado.