Muricy Ramalho deixa para esta sexta a renovação com o São Paulo

O treinador tinha um encontro marcado para esta quarta, mas acabou desmarcando para participar da confraternização dos funcionários do CT da Barra Funda

Comentar
Compartilhar
04 DEZ 201319h58

Muricy Ramalho deve se reunir nesta sexta-feira com o presidente Juvenal Juvêncio para renovar o seu contrato com o São Paulo. O treinador tinha um encontro marcado para esta quarta, mas acabou desmarcando para participar da confraternização dos funcionários do CT da Barra Funda e nesta quinta também tem compromissos que impedem a reunião.

Juvenal Juvêncio vai propor ao treinador um contrato de dois anos e vencimentos de R$ 450 mil mensais, mas deixará uma margem para contraproposta. O fato é que Muricy Ramalho não ganhará no Morumbi os R$ 700 mil que faturava nos tempos de Santos. "Ele sabe da nossa política de salários e está de acordo com isso; tenho certeza de que vamos chegar a um acordo que seja bom para ambas a partes", afirmou o vice de futebol, João Paulo de Jesus Lopes.

Mesmo sem terem formalizado o vínculo, Muricy Ramalho e São Paulo já traçam o planejamento para o ano que vem e o treinador tem voz ativa na montagem do elenco e sugestão de contratações. Partiu dele, por exemplo, a decisão de tentar manter Welliton para 2014. O atacante, que pertence ao Spartak Moscou, da Rússia, e está emprestado até o fim do ano, agradou e a diretoria já trabalha em alternativas para viabilizar o acerto.

O técnico já afirmou que não vai tirar férias para se debruçar sobre os problemas do time que, em sua visão, não são poucos. Para pressionar os dirigentes por reforços, Muricy Ramalho chegou a dizer que o goleiro e capitão Rogério Ceni espera um time forte para continuar jogando no ano que vem.

Juvenal Juvêncio vai propor ao treinador um contrato de dois anos e vencimentos de R$ 450 mil mensais (Foto: Rubens Chiri/www.saopaulofc.net)

Copa São Paulo

O São Paulo anunciou que Menta irá assumir o lugar de Sérgio Baresi no comando da equipe que disputará a principal competição da categoria júnior no Brasil, no próximo mês. A direção tricolor resolveu promover a troca para a Copa São Paulo de Futebol Júnior porque o treinador do time sub-20 são-paulino foi designado para coordenar um novo projeto envolvendo uma parceria com um clube do exterior.

Técnico da categoria sub-17 do São Paulo, Menta já começou a trabalhar com os garotos que disputarão a Copa São Paulo nesta quarta, no CT de Cotia. Além do novo técnico, o time ganhou novo preparador físico (Adriano Titton) para a competição, pois Sinclair Dantas, do sub-20, também irá ao exterior para acompanhar Baresi no projeto, ainda tratado com sigilo por questões contratuais.

Baresi comandou a equipe tricolor na campanha do título da Copa São Paulo de 2010, quando o time ganhou o torneio pela última vez, e esteve à frente da equipe também nas edições de 2011 e 2013. No segundo semestre de 2010, chegou a treinar o time principal, na vaga de Ricardo Gomes, mas sem os resultados esperados foi substituído por Paulo César Carpegiani.

Já Menta trabalha nas categorias de base do São Paulo desde 2008 Ele já treinou as categorias sub-13, em 2009, sub-15, entre 2010 e 2011, e sub-17, desde 2012. Como jogador, era zagueiro e atuou no clube do Morumbi na década de 90, quando integrou o vitorioso elenco dirigido pelo técnico Telê Santana.