Modesto Roma cede a pressão da torcida e não descarta retorno de Alex

Campeão brasileiro pelo clube em 2002, o atleta de 33 anos teve seu retorno pedido pelo torcedor nas redes sociais e chegou a ser rejeitado pelo Peixe

Comentar
Compartilhar
16 JUN 2016Por Diário do Litoral19h16
O vínculo do atleta de 33 anos com o Milan (ITA) termina no fim de junhoO vínculo do atleta de 33 anos com o Milan (ITA) termina no fim de junhoFoto: Divulgação

Após mobilização da torcida do Santos nas redes sociais, o presidente do Santos, Modesto Roma, demonstrou interesse no zagueiro Alex, campeão brasileiro no clube em 2002 e com passagens em diversos clubes na Europa. O vínculo do atleta de 33 anos com o Milan (ITA) termina no fim de junho.

A declaração do mandatário vai de encontro à nota oficial emitida pelo clube no fim de maio. Na ocasião, o Alvinegro agradeceu ao atleta pelos serviços prestados, mas descartou uma negociação. Desta vez, no entanto, Modesto fez questão de deixar em aberta uma possível negociação.

O zagueiro, que atuou na Vila Belmiro entre os anos de 2001 e 2004, e teve ótima participação no vice da Libertadores, em 2003, visitou os ex-companheiros na última terça-feira, conforme publicado pelo Diário do Litoral. Dentre algumas conversas, ficou decidido que o mesmo fará trabalho de fisioterapia no CT Rei Pelé.

"Não dá para descartar o Alex, não. É um jogador que estará sem contrato depois do dia 30. Vamos ver. Mas o "se" não joga futebol. Ainda não abrimos negociação, mas ele vai passar um tempo lá no CT. Sempre surge uma conversa, um chá... Ele está fazendo fisioterapia no CT", afirmou.

Apesar da abertura quanto a um acerto com o jogador, o Peixe deve encontrar dificuldades quanto ao salário pedido. Na Itália, Alex ganhava algo em torno de R$ 800 mil e disse que aceitaria reduzir consideravalmente seu ordenado para retornar. Atualmente, o teto salarial do clube é de R$ 200 mil.