Mesmo “motivado”, Valdivia volta a desfalcar Palmeiras no Carnaval

Neste sábado, o meia será desfalque diante do São Bento, em Sorocaba. Mas o chileno tem se mostrado animado na visão do técnico Oswaldo de Oliveira

Comentar
Compartilhar
13 FEV 201517h20

Somando suas duas passagens pelo Palmeiras, Valdivia só entrou em campo uma vez em fim de semana de Carnaval, e, em 2015, novamente não jogará durante o feriado. Neste sábado, o meia será desfalque diante do São Bento, em Sorocaba. Mas o chileno tem se mostrado animado na visão do técnico Oswaldo de Oliveira.

“O Valdivia tem evoluído bem, tenho acompanhado o trabalho dele. Está muito motivado. Mas temos que guardar esse tempo”, disse o treinador, confirmando a estreia do jogador mais caro do elenco nesta temporada para o dia 28, diante do Capivariano, no Palestra Itália.

O meia tenta se recuperar de lesão na coxa esquerda detectada em novembro. Desde então, só jogou duas vezes no sacrifício, para evitar o rebaixamento do time no Brasileiro do ano passado. Após se tratar nas férias, chegou a ter seu pedido atendido para ficar nove dias no Chile trabalhando com o fisioterapeuta cubano José Amador. Depois disso, no entanto, nem correu mais no campo da Academia de Futebol.

O problema na coxa esquerda tira Valdivia de combate em mais um fim de semana de Carnaval. Em rodadas deste feriado, só atuou em 2007, no seu primeiro Carnaval desde que chegou ao futebol brasileiro, participando de empate por 1 a 1 com o Rio Claro.

Jogador mais caro do elenco entrou em campo pelo Palmeiras somente uma vez no Carnaval, em 2007 (Foto: Agência Palmeiras(

Em 2008, antes de ser vendido ao futebol árabe, cumpriu suspensão em derrota por 1 a 0 para o Noroeste, em Bauru. Voltou ao Verdão em 2010 e, no sábado de Carnaval de 2011, reclamou de incômodo muscular horas antes de empate sem gols com o Santo André, quando o time foi vaiado no Pacaembu – na mesma noite, o chileno esteve em camarote no Sambódromo do Anhembi.

Em 2012, uma lesão na coxa direita impediu Valdivia de participar da vitória por 3 a 2 sobre o Guaratinguetá, no interior paulista, na sexta-feira de Carnaval. Em 2013, foi uma contusão na coxa esquerda que o tirou de empate por 2 a 2 com o Mogi Mirim, mas o meia viajou para ver a partida da equipe fora de casa.

No ano passado, o Palmeiras não jogou no fim de semana de Carnaval. Valdivia participou da vitória por 2 a 0 sobre o São Bernardo, inclusive fazendo gol, na quinta-feira anterior ao feriado, mas levou o terceiro cartão amarelo e desfalcou o time na rodada posterior, quando o Verdão venceu a Portuguesa no dia seguinte à Quarta-Feira de Cinzas.

Colunas

Contraponto