Massa lamenta carro de segurança e vê excesso em manobra de Vettel

"Ele jogou um pouco demais o carro em cima de mim. Tive até que sair para fora da pista", disse o piloto brasileiro

Comentar
Compartilhar
06 ABR 201416h49

O brasileiro Felipe Massa (Williams) largou na sétima colocação do grid do Grande Prêmio do Bahrein e cruzou a linha de chegada na mesma posição. O piloto se disse prejudicado pela entrada do carro de segurança na parte final da corrida deste domingo e condenou uma manobra do alemão Sebastian Vettel (Red Bull).

Na 41ª volta, o venezuelano Pastor Maldonado (Lotus) acertou a Sauber do mexicano Esteban Gutierrez, que chegou a girar no ar – o piloto saiu ileso. Com o acidente, o carro de segurança entrou na pista e permaneceu até o 47º de um total de 57 giros da corrida.

“Sem dúvida, o carro de segurança não foi um bom negócio para a nossa estratégia. Atrapalhou. Esses carros que estavam na nossa frente agora eram difíceis de ultrapassar. A Red Bull estava com pneus mais desgastados, mas tinha uma tração muito melhor do que a nossa”, explicou Massa à Rede Globo.

O brasileiro superou o finlandês Valtteri Bottas, seu companheiro na Williams, mas terminou atrás de Lewis Hamilton (Mercedes), Nico Rosberg (Mercedes), Sergio Perez (Force India), Daniel Ricciardo (Red Bull), Nico Hulkenberg (Force India) e Sebastian Vettel (Red Bull). 

O brasileiro Felipe Massa (Williams) largou na sétima colocação do grid do Grande Prêmio do Bahrein e cruzou a linha de chegada na mesma posição (Foto: Ross Land)

“(O carro de segurança) foi uma pena, porque a corrida poderia ter sido melhor. A largada foi impecável e o ritmo era bom. Brigamos de frente com a Force India o tempo todo, mas essa briga poderia ter durado mais, até o final. Sem dúvida, nossa posição poderia ter sido melhor”, disse Massa.

Na penúltima volta da corrida, o brasileiro partiu para cima de Vettel em busca da sexta colocação. Na tentativa de defender a posição, o alemão acabou colocando Massa para fora da pista. O piloto da Williams foi comedido ao comentar o assunto, mas mostrou insatisfação.

“Ele jogou um pouco demais o carro em cima de mim. Tive até que sair para fora da pista. Não sei, vamos ter que observar melhor, porque de dentro do carro eu achei um pouco agressivo demais, mas vamos ter que olhar de fora para ver o que realmente aconteceu”, disse Massa.