Massa espera melhora no downforce para curvas do GP da China

A evolução aerodinâmica é uma das maiores necessidades da Williams no desenvolvimento do FW36, modelo da escuderia para o Mundial de 2014

Comentar
Compartilhar
14 ABR 201415h02

A quarta etapa do Mundial de Fórmula 1, o Grande Prêmio da China, ocorre neste fim de semana, em Xangai. Para a corrida, o piloto brasileiro  Felipe Massa espera melhoras aerodinâmicas no carro da Williams para ter bom rendimento nos trechos de curvas de baixa velocidade do autódromo. O circuito também é conhecido pela longa reta, o que pode beneficiar o brasileiro.

A evolução aerodinâmica é uma das maiores necessidades da Williams no desenvolvimento do FW36, modelo da escuderia para o Mundial de 2014. A temporada marca um ressurgimento da escuderia britânica entre as forças do campeonato depois de anos seguidos de resultados ruins.

“Há curvas de baixa velocidade em que uma boa downforce é necessária, então espero que possamos melhorar nisso. Espero que tenhamos partes novas para ajudar com a aderência e outras áreas em que temos que evoluir”, afirmou Massa.

Felipe Massa quer que sua Williams tenha maior downforce para o GP da China de F-1 (Foto: Divulgação/Williams)

Outro problema da Williams nas primeiras etapas de 2014 é o rendimento do carro com pista molhada. Um dos destaques da categoria no asfalto seco, o carro da equipe fica longe dos ponteiros quando há chuva.

“Ainda precisamos melhorar o carro no molhado, então estamos torcendo para que seja um fim de semana seco. Eu sempre prefiro que seja seco, mas há um trabalho duro acontecendo para evoluir o carro”, explicou o piloto brasileiro.