Esportes

Marcelo Teixeira fala sobre futuro do Santos; veja resumo da coletiva

Gestor concebeu uma entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (21)

Igor de Paiva

Publicado em 21/06/2024 às 12:47

Comentar:

Compartilhe:

Gestor apontou mudanças importantes / Raul Baretta/ Santos FC

Marcelo Teixeira, atual presidente do Santos, participou de uma coletiva de imprensa na manha desta sexta-feira (21). O gestor respondeu questões relacionadas a diversos assuntos importantes, como a mudança de mando de campo, negociações de jogadores e o futuro da comissão técnica.

A reportagem do Diário do Litoral preparou um resumo dos tópicos comentados por Teixeira. 

Resumo da entrevista coletiva

Mudança de mando de campo e sequência ruim

No primeiro assunto da entrevista, Marcelo Teixeira assumiu a culpa pela mudança de mando de campo no duelo contra o Botafogo-SP e pela sequência negativa de resultados. A partida foi disputada em Londrina, no Paraná. O cartola afirmou que queria prestigiar o torcedor da localidade e de seus arredores. No entanto, no campo, a decisão atrapalhou o rendimento. " Foi um erro. A gente teve quatro jogos consecutivos fora da Vila Belmiro. Se a gente tivesse escolhido outro momento, possivelmente, teríamos mais três na tabela de classificação. E porque não se ganhou lá? Exatamente pela Vila ter esse aspecto diferente".

Além disso, ele confirmou que todos os próximos duelos serão na cidade do Litoral Paulista. Ele também afirmou que o ótimo resultado no estadual, gerou uma empolgação e isso atrapalhou a leitura para a Série B. 

Futuro de Morelos e Patrick

Teixeira preferiu não firmar e revelar os destinos dos dois jogadores. No entanto,  ele explicou que todos os contratos foram firmados com um intervalo de tempo para uma analise do desempenho. Na sua visão, a grande maioria deu frutos positivos. Diante disso, ele deu detalhes sobre as possíveis movimentações no mercado. " Os investimentos da reposição não será baseado na empolgação do resultado do Campeonato Paulista, mas sim nas limitações que o Santos tem. Todos nós gostaríamos de anunciar jogadores quem jogam a Primeira Divisão nacional. Primeiro, você esbarra no orçamento. Depois, quando você vai ao mercado, você tem que entender se a outra parte quer disputar a segunda divisão. Dentro dessa linha, pretendemos reforçar a equipe".

Mercado de transferências

Ao ser perguntado sobre o sistema de scout do clube, Marcelo Teixeira explicou que profissionais ligados ao setor foram contratados por outros clubes do futebol brasileiro, como Flamengo e Palmeiras. 

Ele admitiu que o clube teve passar uma recuperação também no tema. 

Uso de jogadores da base

Marcelo Teixeira ressaltou a parceria com uma empresa de maquinários para a recuperação para todos os jogadores do clube. Diante disso, ele explicou que o atleta que sobe para o profissional não o nível físico para aguentar. " São exigências básicas dessa mudança.O tempo passou e o Santos ficou. As coisas vão mudar? Sim!". 

Paulo Bracks e Carrile

O gestor confirmou as conversas com diretor. Ele foi responsável pelos trabalhos com Vasco e Intencional. " O Paulo Bracks estará vindo a Santos hoje, não é relacionado para uma contratação do futebol. Ele vem com uma experiência de série B. Importante que o profissional esteja hoje, assim como fez com o América, levando para a série A. Queremos entender se o Bracks tem o perfil para o que definíssemos um diretor executivo. Coordenar todas as demais gerências. Financeira, marketing, feminino, base. O Santos não possui ainda". 

Sobre a mudança de treinador, ele comentou que entende a pressão para as mudanças, mas que sempre foi bem transparente com Fábio Carille. Marcelo Teixeira acredita no trabalho do técnico e garantiu a chegada de reforços já na próxima janela de transferências. 

Joaquim e a criação de receita

Marcelo Teixeira afirmou que já tem conhecimento de sondagens em relação ao jogador. Garantiu que o Santos quer manter o atleta. Além disso, deu a entender o acerto com um novo patrocinador. Ontem, surgiu o rumor que o Porto de Santos irá investir no futebol do alvinegro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Santos terá museu de artes plásticas com entrada gratuita; veja

A expectativa é que obras de Nuno Ramos, Jarbas Lopes e Sergio Romagnolo cheguem a cidade

Diário Mais

Artista usa inteligência artificial e emociona ao mostrar como estariam os Mamonas hoje

Grupo musical morreu em trágico acidente aéreo em 2 de março de 1996

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter