Marcelo Fernandes exalta Vladimir após atuação de gala: “Já sabia”

Reserva do Alvinegro há anos, Vladimir terá alguns jogos como titular da equipe santista, já que Vanderlei passou por operação na face e precisará de um tempo de recuperação

Comentar
Compartilhar
05 ABR 201519h01

Se o Santos saiu de Itaquera com um empate diante do Corinthians, uma grande parcela de ‘culpa’ é do camisa 12 Vladmir. O goleiro teve uma brilhante atuação e parou o Timão no primeiro tempo do clássico. Para o técnico santista Marcelo Fernandes, a atuação do Menino da Vila não foi surpresa, já que sua qualidade é velha conhecida na Baixada.

“O Vladimir é excelente. Veio das categorias de base do Peixe. Isso que ele apresentou hoje não é supressa, não é nada além do que ele pode oferecer ao Santos. O grupo deu muita força para ele. Nem quis tocar no assunto do clássico com ele no meio da semana porque sabia que ele era capaz de fazer o que fez”, disse comandante.

Reserva do Alvinegro há anos, Vladimir terá alguns jogos como titular da equipe santista, já que Vanderlei passou por operação na face e precisará de um tempo de recuperação antes de voltar aos gramados. “Só lamento por Vlad entrar em uma situação chata como essa”, completou o técnico.

Marcelo Fernandes exalta Vladimir após atuação de gala: “Já sabia” (Foto: Ale Viana/O Dia)

Questionado sobre o lance que o fez se destacar na partida, o arqueiro manteve a humildade. “Foi uma jogada feliz. Sabíamos que não poderíamos tomar o gol. Corinthians é qualificado”, disse. Vladimir defendeu duas bolas a queima roupa, com Guerrero dentro da pequena área.

O Santos volta a campo na próxima quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), para encarar o Rio Claro, na Vila Belmiro, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista.