Lucas Lima quer transferência para o Barça, mas Santos tenta melar

O time alvinegro alega aliciamento e entende que o time catalão está propondo um contrato ao atleta antes do prazo permitido para um pré-contrato

Comentar
Compartilhar
22 JUN 2017Por Diário do Litoral18h52
Lucas Lima pode acertar um pré-contrato a partir da próxima semanaLucas Lima pode acertar um pré-contrato a partir da próxima semanaFoto: Divulgação/Santos FC

Vinculado ao Santos até 31 de dezembro, o meia Lucas Lima pode acertar um pré-contrato a partir da próxima semana (1º de julho) e se transferir para qualquer clube – de forma gratuita – em janeiro de 2018. Sabendo da situação, o Barcelona entrou em contato com o atleta e manifestou interesse.

Empolgado com a chance de, enfim, se transferir para um grande clube europeu, ele recebeu oferta e não teve dúvidas ao dizer “sim”. Aos amigos próximos, o camisa 10 mostrou ansiedade para atuar ao lado parceiro Neymar e não esconde a sua felicidade. O sonho, no entanto, pode virar frustração.

Incomodado com a repercussão do assunto, o Santos, que deseja renovar com o seu principal atleta do elenco, acusa o time catalão de aliciamento. Apesar do acordo não ter sido fechado, a diretoria entende que o Barça está propondo um contrato ao atleta antes do prazo permitido para conversas.

Conforme previsto em documento imposto pela FIFA, em 2010, “nenhum clube poderá contatar um jogador de um outro clube, ou agente, sem contatar previamente, por escrito, o clube vinculado ao jogador”. De acordo com a diretoria do Peixe, esta ação não ocorreu, o que pode melar o negócio.

De acordo com apuração do Diário do Litoral, o presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, terá uma reunião com o empresário do atleta, Edson Khodor, nesta quinta. Dentre outros assuntos, as partes discutirão o suposto assédio feito ao atleta, e a possibilidade de renovação de contrato.

Assim como o Alvinegro, Khodor não mostra interesse no negócio. Ele é dono de 10% dos direitos econômicos de Lucas Lima e, caso o acordo seja fechado, também não teria nenhuma vantagem financeira no futuro. Santos e o empresário entendem, porém, que a situação é complicada.

O Barcelona, que já enfrentou problema parecido com Neymar, em 2013, tenta evitar problema com o time brasileiro na Justiça. O diretor espanhol, Raul Sanllehí, está no Brasil, mas, segundo pessoas envolvidas no problema, ele está no País para participar de um leilão no Instituto Neymar Júnior, em Praia Grande, e para negociar um possível acerto com o meia Vitinho, do Palmeiras.

De qualquer forma, após a repercussão sobre a negociação, o meia Lucas Lima foi orientado a não falar mais sobre o assunto – até mesmo com o seu empresário e funcionários do clube.

Com gripe, ele foi ausência no triunfo do Santos sobre o Vitória, na última quarta-feira, e deve estar à disposição para o jogo contra o Sport, neste sábado, na Vila Belmiro, pela décima rodada do Brasileirão.