Líder e finalista, Flamengo pode repetir feito do Santos de Pelé

Bi continental em 1962 e 1963, o clube paulista é até hoje o único que conquistou o Brasileiro no mesmo ano em que levantou a taça da Libertadores

Comentar
Compartilhar
24 OUT 2019Por Folhapress14h09
Os ex-santistas Gabigol e Bruno Henrique brilharam na goleada histórica sobre o GrêmioFoto: Gilvan de Souza/CRF

Finalista da Copa Libertadores pela primeira vez em 38 anos e líder do Campeonato Brasileiro, o Flamengo comandado pelo técnico português Jorge Jesus poderá igualar um feito que só o Santos de Pelé foi capaz de alcançar.

Bicampeão continental em 1962 e 1963, o clube paulista é até hoje o único que conquistou o Brasileiro no mesmo ano em que levantou a taça da Libertadores -à época, o Nacional era chamado de Taça Brasil.

Quem chegou mais perto de repetir essa história foi o Internacional, campeão da Libertadores e vice do Brasileiro em 2006. O vencedor do Brasileiro naquela temporada foi o São Paulo, que caiu justamente para o Internacional na final da competição sul-americana.

Os flamenguistas lideram o Brasileiro com 64 pontos, dez de vantagem sobre o segundo colocado, Palmeiras. As equipes ainda se enfrentarão até o fim da competição, na 36ª rodada.

Porém, caso mantenham essa vantagem até lá, os rubro-negros já chegarão à antepenúltima rodada campeões, pois só haverá mais nove pontos em disputa.

Para tentar repetir a história do Santos de Pelé, o clube rubro-negro, que garantiu a vaga na decisão com a goleada histórica (5 a 0) desta quarta sobre o Grêmio no Maracanã, terá pela frente na decisão da Libertadores o River Plate (ARG), atual campeão e dono de dois títulos do torneio nos últimos quatro anos.

A final da competição será disputada no dia 23 de novembro, em Santiago, no Chile, na primeira final em jogo único da história da Copa Libertadores.

Aquela equipe santista que dominou o futebol brasileiro na década de 1960 ainda foi além. Não só conquistou os títulos nacional e continental na mesma temporada, como também faturou o Mundial de Clubes em 1962 e 1963.