Libertadores terá ao menos 12 duelos entre campeões já na fase de grupos

O grupo com mais titulos será o do Corinthians. Campeão em 2012, ele terá pela frente o argentino Independiente, atual campeão da Sul-Americana e heptacampeão da Libertadores

Comentar
Compartilhar
21 DEZ 2017Por Folhapress15h29
Libertadores terá ao menos 12 duelos entre campeões já na fase de gruposLibertadores terá ao menos 12 duelos entre campeões já na fase de gruposFoto: Divulgação

O sorteio desta quarta-feira (20) determinou que a Copa Libertadores de 2018 terá duelos de peso logo na fase de grupos. O torneio promoverá seis duelos -com direito a jogos de ida e volta- entre antigos campeões somente nesta etapa, número que pode aumentar com a chegada de Olimpia e Vasco, que disputam a fase preliminar da competição.

O grupo com mais titulos será o do Corinthians. Campeão em 2012, ele terá pela frente o argentino Independiente, atual campeão da Sul-Americana e heptacampeão da Libertadores -melhor marca da história. O clube paulista foi cabeça de chave no sorteio, enquanto os argentinos foram sorteados na segunda leva de equipes.

Em segundo lugar fica o confronto entre o cabeça de chave do Grupo 6, o Santos, e o argentino Estudiantes, segundo a ser selecionado para chave. O duelo colocará em campo sete taças, sendo três do clube do litoral paulista e quatro do Estudiantes.

O jogo do Grupo 8 entre Boca Juniors (cabeça de chave) e Palmeiras tem o mesmo número de conquistas, porém seis delas são da equipe de Buenos Aires, contra uma dos paulistanos. No entanto, a chave pode ganhar mais partidas entre vencedores da Libertadores caso o Olimpia passe de toda fase preliminar -os paraguaios são tricampeões do continente.

Na sequência está o encontro entre Flamengo e River Plate (cabeça de chave), membros do Grupo 4. Os rubro-negros têm uma conquista, em 1981, enquanto os rivais argentinos têm um currículo mais qualificado no continente: levantaram o troféu em 1986, 1996 e 2015.

Cruzeiro contra Racing, no Grupo 5, e Atlético Nacional contra Colo-Colo, no Grupo 2, fecham os duelos já confirmados entre campeões continentais. Ambos os confrontos carregam nas costas três títulos da Libertadores, sendo o time mineiro e o colombiano responsáveis por duas taças cada, contra uma de seus respectivos adversários.

A matemática do Grupo 5 pode mudar em caso de classificação do Vasco, que ocupará a quarta vaga da chave se passar por toda pré-Libertadores.

A distribuição dos grupos se deu desta forma por conta da metodologia adotada pela Conmebol no sorteio, que listou os classificados em quatro potes, separados pelo ranking da confederação. Atual campeão, o Grêmio foi o único brasileiro "sortudo", afinal não terá pela frente nenhuma equipe que conquistou a competição no passado. Além dos gaúchos, o uruguaio Peñarol é o outro campeão "solitário" na fase de grupos.