X
Esportes

Levir tem dúvida sobre substituto de Thiago Maia nesta quarta-feira

Leandro Donizete, que trabalhou com o comandante no Atlético-MG, é o favorito para a vaga. O jovem Alison, porém, foi elogiado e também briga pela posição

Thiago Maia está suspenso pelo terceiro cartão amarelo / Divulgação/Santos FC

O técnico Levir Culpi ainda não definiu o substituto do volante Thiago Maia para o duelo do Santos contra o Vitória, na próxima quarta-feira, pela nona rodada do Brasileirão. O camisa 29 recebeu o terceiro cartão amarelo no empate com a Ponte Preta, no sábado, e cumprirá suspensão automática.

A princípio, Leandro Donizete, de 35 anos, é o favorito para assumir a vaga entre os titulares. Ele tem a confiança de Levir, com quem trabalhou no Atlético-MG, em 2014. A outra opção é Alison, que foi reintegrado à equipe após ser emprestado no Paulistão, e tem agradado a Comissão Técnica.

“Donizete foi campeão da Libertadores da América, já fala por si. Temos também o Alison, que é ótimo, é uma questão de opção. Vamos estudar melhor o adversário”, afirmou o treinador logo após o empate sem gols com a Macaca, no Pacaembu, no último sábado.

De certo mesmo é que o lateral-esquerdo Zeca, com dores na panturrilha, e o centroavante Ricardo Oliveira, que se recupera de uma lesão no tornozelo, não estarão em campo. O comandante alvinegro disse que os atletas ainda não têm condições de jogo e seguirão no Departamento Médico.

“Difícil contar com o Ricardo e o Zeca para o próximo jogo. Temos que ter calma. Eles precisam jogar só quando estiverem prontos”, completou.

Na lateral, o meia Jean Mota, que vem atuando improvisado no setor, será mantido entre os titulares. No ataque, Kayke, que é um dos artilheiros do Peixe nesta temporada, também terá nova oportunidade.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Maio Amarelo: Motociclistas terão moto check-up gratuito em Praia Grande

Blitz acontecerá nos dias 16, 18 e 20 de maio, no Bairro Boqueirão

Política

Bolsonaro discursa aos gritos, usa palavrões e diz a empresários que eleição pode ser conturbada

Bolsonaro, militares e integrantes do governo entraram na mira da apuração sobre uma suposta organização criminosa investigada pela Polícia Federal por ataques às instituições e disseminação de desinformação

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software