Banner gripe

Lesão em joelho operado duas vezes pode afastar Alison por até 8 meses

O volante deixou o campo de maca nos últimos minutos do clássico da última quarta-feira, contra o São Paulo, após dividida com Alan Kardec

Comentar
Compartilhar
13 FEV 201518h33

Péssima notícia para o torcedor santista. O volante Alison pode ter de passar por mais um tratamento longo em função de uma nova lesão grave no joelho direito. Revelado pelo Peixe e um dos mais promissores jogadores do elenco, Alison deixou o campo nos últimos minutos do clássico da última quarta-feira, contra o São Paulo, após dividida com Alan Kardec. Depois de sair com o amparo da maca, o atleta ainda voltou para o jogo e terminou a partida.

Porém, nesta quinta-feira, Alison passou por alguns exames devido ao inchaço no local e as fortes dores. A equipe médica ainda não fechou o diagnóstico do atleta e deve se manifestar só na próxima semana. Por enquanto, o jogador está fazendo um tratamento intensivo para secar o joelho. Só assim os médicos poderão avaliar melhor e dizer, de forma precisa, qual a lesão o jogador.

A cautela e o temor dos profissionais santistas é pertinente porque Alison já passou por duas cirurgias no joelho direito, justamente o que o volante sentiu no clássico.

Apesar do diagnóstico ainda não ter sido fechado, a chance de uma lesão no LCA (Ligamento Cruzado Anterior) é grande. E se a hipótese for confirmada, Alison deve ficar até oito meses afastado dos gramados. Isso porque o tempo de recuperação aumenta em dois meses quando uma lesão destas acontece mais de uma vez no mesmo local.

Alison pode desfalcar o Santos por até 8 meses (Foto: Divulgação/Santos FC)

A primeira vez que Alison lesionou o joelho direito foi em 10 de setembro de 2011, após 30 segundos de jogo contra o Cruzeiro. Quando já estava na fase final de sua recuperação, o volante voltou a sentir o mesmo joelho operado durante um treinamento no CT Rei Pelé, em 2012, e só conseguiu voltar a jogar futebol na Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 2013, quando acabou sendo fundamental para o time que acabou conquistando o título.

Agora, prestes a completar 22 anos (faz aniversário dia 1º de março), Alison volta a conviver com o risco de dar uma nova pausa na sua carreira. Recentemente, o Internacional se interessou pelo atleta, mas Modesto Roma Jr convenceu o jogador a permanecer no Santos e, inclusive, ofereceu a camisa 5 do Peixe, antes de Arouca, como prova de confiança.

Colunas

Contraponto