Lembrando Ituano, Braz cobra Santos ligado para não repetir 2014

Na ocasião, Oswaldo de Oliveira, então técnico do Peixe, apoiado pelos seus comandados, reclamou publicamente da transferência da final da Vila para o Pacaembu

Comentar
Compartilhar
22 ABR 201513h21

Apesar de demonstrar muita confiança no título paulista, David Braz pede foco total no duelo deste domingo, no Palestra Itália, para que o Santos tenha vantagem ao decidir em casa na semana que vem. O defensor do Peixe lembra o insucesso da última temporada e promete empenho para que a história não se repita.

"Acho que primeira coisa é trazer bom resultado no primeiro jogo. Na casa do adversário, sabemos que será difícil, mas vamos correr, nos preparar para conseguir bom resultado. Ano passado não aconteceu isso, perdemos o primeiro e ficou difícil. Acabamos tendo que disputar nos pênaltis", lembra, referindo-se à perda do título da última temporada para o Ituano.

Na ocasião, Oswaldo de Oliveira, então técnico do Peixe, apoiado pelos seus comandados, reclamou publicamente da transferência da final da Vila para o Pacaembu. Mesmo assim, o ex-presidente Odílio Rodrigues ignorou o clamor e levou o Santos para jogar os dois jogos na capital paulista.

Zagueiro quer Peixe determinado a conquistar bom resultado na capital para decidir em vantagem na Vila (Mauricio de Souza)

Remanescente do vice-campeonato, David Braz insiste que as coisas poderiam ter sido diferentes para o alvinegro praiano caso ao menos um dos jogos da final tivesse acontecido no estádio Urbano Caldeira.

"Na minha opinião, sim. Respeito outras, vão falar que o Ituano jogou mais. Mas aquela equipe, em todos os jogos na Vila, não perdeu. Não teve nenhum jogo no Pacaembu. Daí levaram ao Pacaembu. Não fomos competentes, mas, se fosse na Vila, conseguiríamos o titulo", garante.

Neste ano a história é bem diferente, visto que a responsabilidade está dividida. O Santos terá um Palmeiras empolgado pela frente, e o primeiro clássico será na pressão da recém-inaugurada Arena alviverde. Questionado sobre o que pode ser considerado um bom resultado para o Peixe neste domingo, David Braz não titubeou.

"Não perder. É o melhor resultado. E poder decidir na Vila. Sabemos que será difícil, o Palmeiras está muito bem. Mas vamos fazer o possível para decidir na Vila, com nosso torcedor", enfatiza.