Kaká marca gol e Milan vence o Celtic pela Liga dos Campeões

Com o resultado, os rossoneros foram para oito pontos, ficando na segunda colocação do Grupo H. Os escoceses ocupam a última posição com 3

Comentar
Compartilhar
26 NOV 201319h59

O Milan não teve medo de jogar na Escócia e obteve um ótimo resultado para seguir na zona de classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Nesta terça-feira, os italianos venceram o Celtic por 3 a 0, com uma ótima apresentação de Kaká, que acabou marcando um dos gols da vitória. Zapata e Balotelli acabaram completando o placar para o Milan. Com o resultado, os rossoneros foram para oito pontos, ficando na segunda colocação do Grupo H. Os escoceses ocupam a última posição com 3.

Como o Ajax venceu o Barcelona no outro jogo da terça-feira, por 2 a 1, a decisão pela segunda vaga ficará para 11 de dezembro, quando o Milan enfrentará os holandeses no San Siro. O líder Barcelona tem 10 pontos, enquanto que o time de Amsterdã soma sete unidades. O resultado da Amsterdam Arena eliminou o Celtic da disputa pela Liga Europa

Jogo

A primeira chance veio dos donos da casa, aos dois minutos da primeira etapa, com o holandês Boerrigter que apareceu livre para cabecear na pequena área, após cobrança de escanteio.

Os milanistas responderam com um gol, aos 12 minutos, quando Birsa cobrou escanteio e os defensores do Celtic bateram cabeça, deixando Kaká sozinho para cabecear no canto esquerdo do goleiro Forster.

O meia do Milan, o brasileiro Kaká comemora gol contra o Celtic (Foto: Associated Press)

Outra boa oportunidade do Milan veio dos pés de Kaká aos 25 minutos, que puxou contra ataque e passou para Balotelli, que bateu forte, por cima do gol dos escoceses.

Logo no inicio do segundo tempo, o Celtic teve uma ótima chance, aos dois minutos. Falta assinalada perto da linha da grande área do Milan, que foi cobrada por Mulgrew em cima da barreira, no rebote, ele mesmo colocou a bola na área, deixando Van Dijk cara a cara com Abbiati. O jogador do Celtic soltou uma bomba no meio do gol, obrigando Abbiati a fazer um milagre.

No contra golpe, aos três minutos, o Milan fez o segundo gol. Novamente em jogada de escanteio, Birsa cobrou na área, Nocerino tocou para Zapata, que chutou no canto direito de Forster.

Aos 14 minutos, mais um gol dos italianos. Montolivo lançou da zona defensiva do Milan, achando Balotelli, que ganhou na velocidade de Van Dijk e Ambrose, e tocou na saída do goleiro.

Dois minutos depois, o Celtic respondeu a altura e quase diminuiu o marcador. Forrest recebeu lançamento em velocidade e aproveitou o “vácuo” na área milanista, tocando na saída de Abbiati. Para má sorte dos escoceses, a bola passou raspando a trave.

Aos 34 minutos da segunda etapa, Massimiliano Allegri, técnico do Milan, resolveu tirar Kaká e colocar Robinho em campo.

O Celtic tentou insistir, mas suas jogadas áreas pouco resultavam, e o jogo acabou no placar de 3 a 0 para os milanistas.