Juvenal Juvêncio considera renovação de Ceni “um legado da gestão”

“É uma satisfação enorme ter conseguido sensibilizar nosso maior ídolo para que atue por mais uma temporada", afirmou o dirigente, ao site do clube

Comentar
Compartilhar
08 DEZ 201313h19

A disputa eleitoral não foi esquecida no dia das renovações dos contratos do goleiro Rogério Ceni e do técnico Muricy Ramalho no São Paulo. Depois de ter assinado o vínculo com o capitão até o fim de 2014, o presidente Juvenal Juvêncio apontou o acordo como um “legado” de sua administração no clube.

“É uma satisfação enorme ter conseguido sensibilizar nosso maior ídolo para que atue por mais uma temporada. A permanência do vínculo entre São Paulo e Rogério Ceni é um enorme legado de nossa gestão”, afirmou o dirigente, ao site do clube.

Juvenal Juvêncio encerrará seu mandato no Tricolor em abril, quando haverá a eleição para a escolha do novo presidente. Carlos Miguel Aidar, que é o candidato apoiado pelo atual mandatário, também aproveitou para elogiar a renovação.

“Estou muito feliz pela renovação do Rogério Ceni. A permanência do nosso ídolo será importante para voltarmos a conquistar títulos”, afirmou o candidato, que enfrentará o opositor Kalil Rocha Abdalla no pleito.

Juvenal Juvêncio acertou neste sábado as renovações do goleiro Rogério Ceni e do técnico Muricy Ramalho (Foto: Divulgação/São Paulo FC)

Aidar também destacou a permanência de Muricy Ramalho, que prorrogou o acordo até o fim de 2015. “Estou conversando com ele quase que diariamente. Ele tem a nossa confiança e apoio total”, completou.